China doa meios de transporte e comunicação às Forças Armadas

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,26 jun 2021 13:40

A Embaixada da República Popular da China entregou hoje, na cidade da Praia, às Forças Armadas (FA) um donativo em equipamentos de comunicação e meios de transporte, no valor de 431 mil contos.

 A doação, que inclui dez autocarros, dez camiões, quatro viaturas todo terreno e 50 computadores, foi entregue pelo embaixador chinês Du Xiaocong, na presença da ministra de Estado e da Defesa, Janine Lélis, no Comando da 3ª Região Militar, em Achada Limpo.

Na ocasião, a ministra agradeceu o esforço empreendido pela Cooperação Chinesa, que, realçou, em pleno período de pandemia fez com estes materiais, de comunicação e equipamentos de transportes diversos, pudessem chegar a Cabo Verde.

Segundo Janine Lélis, isto traduz uma “enorme satisfação”, uma vez que a entrega desses equipamentos representa os frutos de uma “forte cooperação” no domínio da defesa entre os dois países.

“Estamos a falar de um grande volume de equipamentos de comunicação e transporte que vão permitir um reforço significativo de meios e fazer com que as Forças Armadas melhorem a sua capacidade funcional e operacional, tendo em conta o cumprimento da sua missão constitucional”, sublinhou a governante.

Janine Lélis reiterou as “excelentes relações de cooperação” entre a República de Cabo Verde e a República Popular da China, assistida, a seu ver, em todo o momento vivenciado pelo arquipélago, sobretudo agora com a pandemia através da doação de vacinas para o combate à COVID-19.

Esses materiais, di-lo Janine Lélis, colocam as Forças Armadas ao nível e num patamar de resposta que não tinham ainda conseguido, em especial em matéria de comunicação, “tão fundamental e essencial” para aquilo que é a sua missão.

Por sua vez, o embaixador chinês explicou que os donativos hoje entregues foram anunciados pelo Presidente da China, Xi Jinping, no encontro com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, que decorreu em 2018, durante a Cimeira de Beijing do Fórum da Cooperação China-África.

Desde então, ajuntou, foi implementado um conjunto de trabalho no que se refere ao seguimento da doação militar pelas autoridades competentes dos respectivos países e que lhes permitiu realizar hoje a cerimónia oficial de entrega.

Xi Jinping disse acreditar que os materiais e equipamentos vão permitir às Forças Armadas de Cabo Verde aumentar a sua capacidade no cumprimento da sua missão, e augurou que as relações de amizade e cooperação que unem os dois países e os dois exércitos “prossigam e se intensifiquem”.

A cooperação entre os dois países no âmbito da Defesa iniciou-se em 1982, versando a formação, a doação de material militar e visitas das entidades aos países, como mecanismo e forma de reforçar esta amizade.

Em 2012, Cabo Verde e a China assinaram um protocolo que permitiu a doação ao arquipélago de dois navios patrulha para a Guarda Costeira, uma unidade de produção de fardamento, bem como materiais informáticos e de comunicação.

A assinatura, em Dezembro de 2018, do novo acordo de concessão de materiais, segundo Janine Lélis, permite às Forças Armadas ter uma disponibilidade em equipamentos correspondente a um montante de 30 milhões de yuans (431 mil contos) para os cinco anos, traduzindo-se em 20 contentores com os materiais de ponta hoje entregues oficialmente. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,26 jun 2021 13:40

Editado porDulcina Mendes  em  27 jan 2022 23:20

pub.

pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.