"A situação no país é estacionária com tendência decrescente", director Nacional de Saúde

PorDulcina Mendes,11 out 2021 19:29

O director Nacional de Saúde, Jorge Noel Barreto disse hoje na habitual conferência de imprensa que a tendência do número de casos de COVID-19 no país é estacionária e com tendência decrescente.

Segundo Jorge Noel Barreto houve uma redução do número de casos, contribuindo assim para a descida percentual da taxa de positividade e de incidência acumulada.

“Nos 14 dias anteriores ou seja de 13 a 26 de Setembro foi analisado um total de 2296 amostras que nos da uma média de 878 amostra analisadas por dia e permitiu nos identificar um total de 841 casos novos o que da uma media de 60 casos novos por dia. E uma taxa de positividade de 6,8 %”, indica.

Em termos da taxa da incidência acumulada, nos últimos 14 dias, frisou que há seis concelhos com uma taxa inferior a 25 por 100 habitantes como Boa Vista que tem 10 por 100 mil habitantes, Sal com 9 por 100 mil habitantes, Ribeira Grande de Santiago 12 por 100 mil habitantes, Santa Catarina do Fogo que tem 19 por 100 mil habitantes, São Domingos e Mosteiros não tiveram identificação de casos, portanto essa taxa é zero.

“Temos 11 concelhos com a taxa de incidência acumulada, nos últimos 14 dias, está entre 25 e 150 casos por 100 mil habitantes que são Praia que tem 74, São Vicente 106, Tarrafal de Santiago 61, Santa Cruz 39, Santa Catarina de Santiago 67, Ribeira Grande de Santo Antão 138, Paul 57, Maio 77, São Lourenço dos Órgãos 87, São Filipe 54 e Brava 37”, citou realçando de seguida que em São Vicente, a taxa de incidência acumulada passou de 196 para 106.

“No concelho de Ribeira Grande Santo Antão também houve uma diminuição, 211 para 138, Paul passou de 133 para 57, São Lourenço dos Órgãos passou se 116 para 87, São Filipe também houve um ligeiro aumento de 49 para 54, mas ainda está dentro do limite, agora é fazer o seguimento”, cita.

Jorge Barreto sublinhou igualmente que ainda há cinco concelhos que têm uma taxa de incidência superior a 150 casos por 100 mil habitantes, nos últimos 14 dias: Porto Novo que tem 162, Ribeira Brava, São Nicolau que diminui de 1121 para 325, Tarrafal de São Nicolau que tem 328, São Salvador do Mundo 221 e São Miguel 220.

Em relação a vacinação, disse que estão a ser administradas as vacinas da Moderna, doadas pelos EUA, e que cada frasco de vacina tem 15 doses. O Director Nacional de Saúde lembrou que se não forem vacinadas 15 pessoas as restantes doses acabam por se danificar, porque o referido frasco “depois de aberto não dá para guardar”.

Disse ainda que a vacina da AstraZeneca tem o prazo de validade até o mês de Novembro próximo, pelo que está a ser administrada às pessoas da segunda dose.

Em termos de doentes internados com SARS-CoV-2 nos hospitais disse que neste momento há 11 internados, 3 na Praia, “de acordo com as informações encontram-se estáveis, hospital Baptista de Sousa, em São Vicente 2, no hospital Santa Rita Vieira 5 pessoas, sendo duas em situação mais grave, e estas pessoas não se encontram vacinadas. No hospital Ramiro Figueira, na ilha do Sal há uma pessoa internada e em situação grave e não está vacinada. Dessas pessoas internadas representa uma taxa de ocupação de 12%”.

Das 11 pessoas que se encontram internadas afirmou que 9 não estão vacinadas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,11 out 2021 19:29

Editado porAndre Amaral  em  27 out 2021 5:19

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.