Japão atribui a Cabo Verde 156 mil contos em ajuda alimentar

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,1 jul 2022 18:19

Miryam Vieira, Izawa Osamu
Miryam Vieira, Izawa Osamu Rádio Morabeza

Cabo Verde recebeu ajuda alimentar do Japão, num montante de 200 milhões de ienes, equivalentes a 156 milhões de escudos, referente ao ano fiscal de 2022.

No acto de assinatura do acordo por troca de notas, que confirma a atribuição da ajuda alimentar japonesa a Cabo Verde, a Secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação, Miryam Vieira, disse que o Japão é um dos mais importantes parceiros de Cabo Verde, tendo contribuído de forma substancial e visível para o desenvolvimento do nosso país. 

“Nesse quadro, tenho o prazer de sublinhar, com destaque especial, a assistência alimentar que tem sido, incontestavelmente, uma mais valia dessa cooperação, atendendo às grandes vulnerabilidades do nosso país, por ser um país arquipelágico, sofrendo diretamente pela escassez das chuvas derivado das mudanças climáticas e seus reflexos inevitáveis”, avança. 

Miryam Vieira também frisa que Cabo Verde leva mais de quatro anos de seca consecutiva e está a sofrer com os impactos da crise pandemica, “actualmente agravados com os da guerra no Leste Europeu". 

"O Governo tem adoptado medidas de mitigação para amortizar os efeitos do aumento dos preços de bens alimentares da primeira necessidade, assim como de combustíveis. Sendo assim, o Governo tem solicitado junto dos seus parceiros, nomeadamente o Governo Japonês, ajuda alimentar adicional emergencial, para fazer face à situação que o país atravessa”, explica. 

De acordo com o governo, a ajuda alimentar japonesa tem ajudado as autoridades cabo-verdianas na resposta aos desafios ligados à segurança alimentar e nutricional, contribuindo para o aumento da disponibilidade de cereais e estabilidade de preços no mercado nacional. 

Com o valor da venda dos cereais em todo o território nacional, cria-se um fundo de contrapartida para financiar projectos de desenvolvimento socioeconómico nas áreas da agricultura, segurança alimentar, disponibilidade de água e sector da saúde, com impacto positivo na melhoria das condições de vida da população.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,1 jul 2022 18:19

Editado porAndre Amaral  em  12 ago 2022 7:20

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.