Cabo Verde reafirma meta para eliminação da transmissão vertical do VIH-SIDA em 2024

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,9 set 2022 12:05

Secretária Executiva do CCS – SIDA, Maria Celina Ferreira
Secretária Executiva do CCS – SIDA, Maria Celina Ferreira Rádio Morabeza

Cabo Verde está a trabalhar para obter a certificação da eliminação da transmissão vertical de VIH-SIDA em 2024. Informação avançada pela Secretária Executiva do CCS – SIDA, durante o Atelier de Divulgação do V Plano Estratégico de Luta contra a SIDA 2022-2026.

Maria Celina Ferreira, diz que durante o encontro serão analisados, com os parceiros, os compromissos e a contribuição de cada um para se alcançar a meta.

"Está ao alcance de Cabo Verde, é uma responsabilidade de partilhada por todos os autores, incluindo para as pessoas que vivem com VIH, sociedade civil enfim, todos os actores devem fazer o máximo de esforço para que tenhamos zero novas infecções, e para também tenhamos zero descriminação e alcançarmos um Cabo Verde livre de sida”, afirma.

Maria Celina Ferreira recorda que para alcançar o objectivo de eliminação da transmissão vertical, “é preciso trabalhar numa base de multissectorial, complementaridade e partilha de informação”

Segundo dados do governo, Cabo Verde tem uma taxa de infecção de 0,6%, com maior prevalência nas mulheres que é de 0,7%, enquanto a taxa de transmissão vertical (de mãe para filho), é de 0,1%.

O V Plano Estratégico de Luta contra a SIDA 2022-2026 está orçado em 16 milhões de euros.

“Temos o governo que tem o grosso de contrapartida, cerca de 40%, tem o fundo global, tem o sistema das Nações Unidas, e também tem a OMS, e também há lacunas com certeza. Temos que fazer a mobilização de mais fundos para podermos cumprir na íntegra todas essas acções e as orientações estratégicas previstas neste plano ",avança.

O Atelier de Divulgação do V Plano Estratégico de Luta contra a SIDA 2022 2026, tem como finalidade apresentar as novas directrizes e orientações de luta contra o VIH - SIDA em Cabo Verde, discutir as metas e as orientações -2022-2026, bem como reforçar o apelo ao compromisso e colaboração contínuo de todos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,9 set 2022 12:05

Editado porAndre Amaral  em  26 set 2022 17:20

pub.
pub.
pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.