MpD responde a PAICV e lembra medidas de mitigação e mobilização de água

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,19 jan 2023 14:32

Anilda Tavares
Anilda TavaresRádio Morabeza

O MpD considera totalmente falsas as acusações do PAICV de que há, por parte do governo, um "silencioso desprezo" pelo mundo rural, com ausência de visão estratégica de longo prazo.

Anilda Tavares, da comissão política nacional do MpD, relembra que desde 2016 Cabo Verde tem enfrentado sucessíveis secas e que o executivo tem tomado medidas para mitigar a situação.

"Foram criadas medidas de mitigação em que vários agricultores beneficiram de vários cheques para colmatar a situação de falta de gado, de pasto, mas também foram criados milhares de postos de trabalhos no mundo rural, para que as pessoas possam ter um rendimento dentro das suas casas. A falta de chuva implica a falta de água e, neste momento, podemos verificar que já temos instalação de duas unidades de desanalisação de água em Santa Catarina e Tarrafal [Santiago]", afirma.

Anilda Tavares comenta que, apesar de o PAICV se vangloriar de ter deixado barragens como infra-estruturas importantes para a resolução da problemática da água de rega, o partido da oposição desconsidera as irresponsabilidades e falhas associadas à construção de duas dessas infra-estruturas.

”Como não considerar a construção de infra-estruturas não funcionais que acarretaram dívidas de cerca 2,2 milhões de contos sem nenhum benefício, que os Cabo-Verdianos vão ter de pagar?", questiona

Anilda Tavares termina dizendo que o PAICV apenas procura palco político para afirmações falaciosas, ignorando factos, com o único intuito de desgastar o governo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,19 jan 2023 14:32

Editado porSara Almeida  em  4 fev 2023 10:20

pub.
pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.