Director-geral da OMS destaca “bons progressos” de Cabo Verde no sector da saúde

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,12 jan 2024 7:39

O director-geral da OMS destacou hoje os bons progressos que Cabo Verde tem registado na melhoria no sector da saúde, destacando as acções desenvolvidas para diminuir a taxa de mortalidade infantil, materna e combater a malária.

Tedros Adhanom Ghebreyesus, que está de visita oficial a Cabo Verde, fez estas declarações à imprensa, no final de uma visita que efectuou, esta tarde, acompanhado da ministra da Saúde, Filomena Gonçalves, ao Centro Nacional de Telemedicina, no Hospital Universitário Agostinho Neto.

Abordando sobre a sua primeira impressão do país e o que tem constatado no decorrer da sua visita, o director-geral da OMS afirmou estar “satisfeito” e “impressionado” com os progressos que o arquipélago tem feito em matéria de promoção do referido sector.

“Estive realmente ansioso por esta visita, porque Cabo Verde está a fazer bons progressos, muito, muito bons progressos e com registo de bons indicadores, como a mortalidade de menores de cinco anos diminuíram significativamente e mortalidade materna e os serviços que são prestados à população”, declarou.

Sublinhou igualmente as medidas que o país tem adoptado no combate à malária, o que lhe possibilitou receber o certificado da OMS pelo sucesso no controlo da transmissão da referida doença, tendo realçado que o arquipélago é um dos poucos países a conseguir tal resultado.

“Nesta visita fomos a um centro de saúde e visitamos o posto de saúde. Uma coisa que é realmente impressionante é o centro de saúde, está vinculado a dois postos de saúde e oito unidades básicas e todos os três trabalham juntos. E vimos o que eles fazem na saúde materna, na saúde infantil, na saúde do adolescente, e assim por diante”, declarou, considerando igualmente que o arquipélago tem conseguido ganhos a nível de investimentos nas infraestruturas de saúde.

O director-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Ghebreyesus, iniciou hoje, 11, uma visita de trabalho de dois dias a Cabo Verde para entrega do certificado de País livre do Paludismo, tendo o mesmo começado por cumprir uma agenda de visita às estruturas de saúde em Santa Cruz e Hospital Agostinho Neto esta tarde.

No dia 12, sexta-feira, o responsável da OMS vai participar na cerimónia de anúncio oficial do resultado da candidatura de Cabo Verde como País livre do paludismo, a ter lugar no período da manhã, na Assembleia Nacional, seguido de uma conferência de imprensa com a participação do primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva.

O diretor-geral da OMS vai manter encontro, na sexta-feira, 12, com a ministra da Saúde, com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva e com o Presidente da República, José Maria Neves.

Sábado, 13, Tedros Ghebreyesus participa na sessão solene do Dia da Liberdade e Democracia a decorrer na Assembleia Nacional.

De nacionalidade etíope, Tedros Ghebreyesus é director-geral da OMS desde 2017 e serviu ao Governo da Etiópia como ministro da Saúde entre 2005 e 2012 e como ministro de Relações Exteriores entre 2012 e 2016.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,12 jan 2024 7:39

Editado porAndre Amaral  em  21 abr 2024 23:28

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.