Governo prepara com INPS quadro de protecção social para os pescadores

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,5 fev 2019 15:23

O Governo está a trabalhar com o INPS para a criação de um quadro de protecção social, pela via contributiva, para os pescadores. Informação avançada hoje, pelo Ministro da Economia Marítima, José da Silva Gonçalves, em São Vicente, na abertura de um workshop em comemoração ao Dia Nacional do Pescador.

Segundo José Gonçalves, a ideia é garantir um quadro de previsibilidade a nível da assistência social para os pescadores.

“Estamos a trabalhar com o INPS no sentido de ver como é que se cria um quadro, claro que tem que ser por via da contribuição, onde as pessoas podem ter não só assistência medica e medicamentosa mas também salvaguardar a sua reforma. Claro que a nível individual pode não ser uma solução, estamos a ver, eventualmente, através das associações, mas é uma questão que está em cima da mesa, para procuramos a melhor solução possível”, garante.

Esta preocupação foi manifestada também pelo vice-presidente da Associação de Armadores de Pesca de Cabo Verde (APESC), Susano Vicente.

"Constatamos que há pescadores, homens com idade avançada, e perguntamos qual é a sua situação? Urge pensar a questão da pensão social desses homens que durante muito tempo lutaram e trabalharam e que hoje já não conseguem dar mais de si. Portanto, é necessário repensar a situação, o Estado e as associações, para que juntos possamos criar formas de debelar esta situação”, afirma.

No decorrer do evento foi assinado um protocolo de cooperação entre a APESC e o Instituto Nacional de Desenvolvimento da Pesca (INDP).

O documento vai permitir que as duas instituições trabalhem em parceria na elaboração de programas, projectos e planos de acção em áreas de interesse comuns. A gestão partilhada de infra-estruturas e equipamentos, formação e recolha, tratamento e divulgação de estatísticas socioeconómicas são outros pontos que constam do documento.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,5 fev 2019 15:23

Editado pormaria Fortes  em  12 out 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.