Liceu Cónego Jacinto vai ser construído no Taiti

PorExpresso das Ilhas,8 mai 2019 16:05

Junto ao Memorial Amílcar Cabral, ao Auditório Nacional e à Biblioteca Nacional, o novo liceu da Várzea vai ter 3 pisos e 30 salas de aula. Antigo liceu vai funcionar até que a construção da nova escola esteja concluída.

O governo anunciou hoje que o futuro liceu "irá nascer na zona de Taiti, quando o estabelecimento de ensino da Várzea, o actual Liceu Cónego Jacinto, deixar de funcionar".

Segundo o comunicado publicado no facebook, o "processo da venda de terreno não é de hoje. Foi socializado em tempos com a direcção do Liceu, com a Associação local “Black Panthers”, sempre com o envolvimento da Câmara Municipal da Praia e do Governo, o que culminou com a escolha da zona nobre da Taiti para sua localização: atrás da estátua de Amílcar Cabral, bem perto da Biblioteca Nacional e do Auditório Jorge Barbosa".

Este é "um projecto de 3 pisos, com uma área de 4.218 m2, 30 salas de aula, espaços de lazer, no qual serão construídos um polidesportivo de 1.192m2, parque de estacionamento para 14 viaturas, entre outras valências", destaca o governo.

"A relocalização do Liceu Cónego Jacinto permite vocacioná-lo por aquilo que é o Ensino Secundário, ou seja, receber apenas alunos do 9º até o 12º ano", acrescenta.

Ainda segundo o governo a relocalização do liceu "vai permitir redimensionar a rede educativa na zona da Várzea e Terra Branca, onde vão ser requalificadas e ampliadas três escolas do ensino básico (1 na Várzea e 2 na Terra Branca) transformando-as em Complexos Educativos, que possam receber alunos do 1º ao 8º ano de escolaridade, passando estes a frequentar um estabelecimento de ensino na zona de sua residência".
"Este é um processo que pode demorar no mínimo dois anos", conclui o governo.

O Liceu Cónego Jacinto alberga cerca de 1800 alunos do 7º ao 12º ano, 110 professores e 20 funcionários e o governo, através de uma portaria conjunta dos ministros das Finanças e dos Negócios Estrangeiros, anunciou no dia 6 no Boletim Oficial, a autorização da venda dos cerca de 12 mil metros quadrados onde está construída aquela escola secundária para a construção da futura embaixada dos EUA. Pela venda o Estado vai arrecadar 5.800.000 USD (cinco milhões e oitocentos mil dólares).

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,8 mai 2019 16:05

Editado porAndre Amaral  em  24 ago 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.