Jorge Carlos Fonseca espera "soluções que vão ao encontro das aspirações dos guineenses"

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,1 jul 2019 7:47

Jorge Carlos Fonseca
Jorge Carlos Fonseca

​O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca está a acompanhar “com muita atenção” a situação política na Guiné-Bissau.

À Inforpress, o chefe de Estado cabo-verdiano adiantou que está a seguir com “preocupação” o impasse político no país vizinho. O também presidente em exercício da CPLP espera a nomeação do novo Governo, “condição fundamental” para estabilidade do país. 

Jorge Carlos Fonseca prefere ter “alguma prudência” nos comentários sobre a situação guineense, mantendo “troca de informações com responsáveis dos países membros” da comunidade lusófona, bem como “articulação de posições”.

Jorge Carlos Fonseca espera que a “sabedoria dos guineenses” possa manter o país “na tranquilidade e nas dinâmicas democráticas”.

“Esperemos que as autoridades guineenses, todas elas, possam, com base na Constituição vigente no país e nos compromissos internacionais, encontrar soluções que vão ao encontro das aspirações dos guineenses, que são aspirações à estabilidade institucional e à paz”, precisou.

A Guiné-Bissau realizou eleições legislativas no dia 10 de Março, vencidas pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), elegendo 47 deputados.

Através de um acordo de incidência parlamentar com a União para a Mudança, Partido da Nova Democracia e a Assembleia do Povo Unido – Partido Democrático da Guiné-Bissau, o partido conseguiu uma maioria estável para governar, com 54 dos 102 deputados do parlamento guineense.

No entanto, até ao momento ainda não foi nomeado o Governo saído dessas eleições consideradas “livres e transparentes” pela comunidade internacional.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,1 jul 2019 7:47

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 out 2019 23:21

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.