Augusto Neves garante sustentabilidade financeira da CMSV

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,30 jul 2020 16:12

O Presidente da Câmara Municipal de São Vicente (CMSV) nega as acusações da UCID e assegura a estabilidade financeira da autarquia.

O edil reage assim às declarações do presidente da UCID, António Monteiro, que disse, esta terça-feira, que a Câmara Municipal de São Vicente está em alegada “situação de falência técnica” e pediu a actuação das autoridades com competência na matéria para “averiguar e clarificar a situação financeira da autarquia”. 

“A CMSV é uma instituição séria e mantém boas relações com todas as instituições do país, prova disso é toda a movimentação empreendida na ilha nos últimos anos e uma execução orçamental que ultrapassa os 100%”, sublinha.

“A Câmara Municipal tem empréstimos bancários, faz uma gestão boa e negoceia com todas as instituições e empresas do país o ano inteiro, visto ter um orçamento que ultrapassa um bilião de escudos. Os empréstimos têm dado forte dinâmica na ilha, trazendo milhares de postos de trabalhos. Cumprimos rigorosamente com o pagamento das rendas bancárias e outros compromissos com as empresas”, explica. 

Sobre a alegada dívida de cerca de 40 milhões de escudos ao INPS, Augusto Neves “desmente que haja dívidas e fala em barulho desnecessário”. 

Questionado sobre a suposta devolução das contas de gerência de 2017 e 2018, pelo Tribunal de Contas, o autarca destaca a importância das inspeções e afirma que a autarquia está em processo de contraditório.

“Não sei o porquê de estarem preocupados com o TC e as Finanças, as inspecções são importantes e são feitas em toda a parte. É normal . Fizeram a inspecção, mandaram o relatório preliminar, respondemos às perguntas e agora estamos à espera do relatório final. Mas são só esclarecimentos”, assegura. 

Augusto Neves acusa o líder da UCID de "blasfémia" e tentativa de aproveitamento político.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,30 jul 2020 16:12

Editado porSara Almeida  em  8 ago 2020 13:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.