MOTIM também na ilha do Sal

PorDulcina Mendes,3 jun 2019 7:08

A 5ª edição da Mostra de Teatro Infantil do Mindelo (MOTIM) que acontece até 6 de Junho, terá uma programação diversificada. Além de espectáculos no Mindelo, MOTIM também vai estar nas ilhas de Santo Antão, Sal e Santiago.

Em São Vicente, a abertura oficial do evento aconteceu sábado, na Academia Livres de Artes Integradas do Mindelo (ALAIM) com várias actividades.

Este evento, que é dedicado ao público infantil terá artistas de Cabo Verde, Brasil e Portugal. Estão previstas actividades como espectáculos, contadores de estórias, pinturas faciais, animações, jogos tradicionais e muito mais para divertir todo o público.

Este evento acontece no âmbito das comemorações do dia 1 de Junho, uma data comemorativa celebrada anualmente em homenagem às crianças. A directora artística, Janaína Alves disse que está muito satisfeita com a programação deste ano que é muito diversificada. “Este ano temos uma programação muito rica, para todos os gostos”.

Motim foi inspirada no Mindelact, um evento de teatro que reúne grupos nacionais e internacionais e traz, todos os anos artistas de vários países.

Conforme frisou, Motim tem também a finalidade de formar o público. “É uma educação que estamos a fazer, embora tenhamos o Mindelact que faz 25 anos, com uma programação também dedicada às crianças e tem essa formação do público do Mindelo”.

Janaína Alves explicou que a Motim serve para estimular os grupos locais a fazerem espectáculos voltados para um público jovem, porque a população cabo-verdiana é formada maioritariamente por essa faixa etária.

MOTIM circula nas ilhas

Além de vários espectáculos na Cidade do Mindelo, a MOTIM também estará nas ilhas de Santo Antão, Sal e Santiago, ainda com uma programação muito tímida.

A Cidade da Praia recebe este evento desde a segunda edição, através da parceria com a cooperação portuguesa.

“Nas outras ilhas não temos uma programação luxuosa como gostaríamos, por questão de logística e financeira. Mas a parceria com o Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas tem-nos ajudado a levar este evento para as outras ilhas”, indica a directora artística.

Programação para as escolas

“Queremos que os professores levem os seus alunos até ao Centro Cultural do Mindelo para assistirem aos nossos espectáculos, sessões de cinema, pinturas, jogos e outras actividades, ou seja, para participar da nossa programação”.

Esta segunda-feira, 3, haverá “Contos Daqui e Dacolá” da brasileira Clara Haddad, no Centro Cultural do Mindelo. 

Na terça-feira, 4, vamos ter uma reposição de “Saltimbancos” um espectáculo com música, letra e adaptação feita por Chico Buarque que é Prémio Camões 2019.

“Chico Buarque merecidamente é Prémio Camões este ano, então quem quiser rever este espectáculo pode vê-lo no Mindelo, porque é lindo, além de possuir uma mensagem muito positivo”, sublinha.

Na quarta-feira, temos o projecto Estória do meu País Inventado do livro as “Tartarugas também choram”. Este espectáculo será apresentado em São Vicente e Santo Antão.

No dia 6, para encerrar, haverá TV Show de um casal português, Oly and Mary.

Faz parte da programação da Motim uma componente de audiovisual. “Vamos fazer um ciclo de cinema de animação em parceria com a New Art Institute que nos enviou uma colectânea de curtas-metragens de cinemas de animação que serão transmitidas sempre antes do espectáculo”, indica.

A Motim é um projecto desenvolvido pelo grupo Troupe Pará Moss, com a produção da Academia Livres de Artes Integradas do Mindelo (ALAIM) e conta com apoio do Ministério da Cultura e das Indústrias Criativas e da Cooperação Portuguesa.

Texto originalmente publicado na edição impressa do expresso das ilhas nº 913 de 29 de Maio de 2019. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,3 jun 2019 7:08

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 ago 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.