​"Tudojunto Separado" em estreia absoluta amanhã na ALAIM

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,5 out 2018 16:23

A Academia Livre de Artes Integradas do Mindelo (ALAIM) é palco, este sábado e domingo, da peça "Tudojunto Separado". Trata-se de uma peça centrada na vida de três personagens, neste caso, três mulheres, que ao longo das suas vidas representam tudo o que a sociedade actual ensina a desprezar.

Tudo Junto Separado traz três problemáticas: homofobia, Violência Baseada no Género e xenofobia, chamando a atenção da sociedade sobre a necessidade de se falar sobre os temas. A autora do texto, Lisa Reis, explica, em entrevista à Rádio Morabeza, o que se pretende com o espectáculo.

“O que me levou a falar sobre esse tema é ver como a nossa sociedade trata certas pessoas ou coisas com que certas pessoas se identificam, e da forma como a sociedade tende a marginalizar pessoas por ter uma opinião ou uma característica diferente. E é uma coisa que precisa ser falada, precisamos mudar essa mentalidade na nossa sociedade e começar uma conversa sobre estes temas”, explica.

O texto, que se torna uma crítica social a alguns dos valores considerados básicos para a nossa existência, vai ser interpretado por Luana Guiomar, Deka Saimor e Sílvia Lima. As mulheres vão desempenhar o papel de vítimas da sociedade.

“Cada uma destas mulheres representa estes três problemas e que nós tendemos a marginalizar. Elas colocam-se na posição de vítima e são as vítimas dessa sociedade, e acabam por falar e parecem que têm um palco que lhes dá direito de falar no final sobre o que foi a vida e como é que se sentiram como vítimas”, diz.

O texto “Tudojunto Separado” é da autoria de Lisa Reis, a encenação é de João Branco e a direcção artística de Janaína Alves. O espectáculo de amanhã e domingo, na ALAIM, representa a estreia da peça vencedora do concurso de dramaturgia do Instituto Camões, em 2017.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,5 out 2018 16:23

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  18 out 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site