“Prometo Nunca Desistir”, de Ariana Monteiro apresentado hoje

PorAntónio Monteiro,2 set 2021 8:24

“Prometo Nunca Desistir”, o primeiro livro de Ariana Monteiro, relata a história de vida da autora e o seu renascer após ter vencido o cancro da mama diagnosticado em Setembro de 2014. A obra será apresentada hoje na Biblioteca Nacional, na Praia.

“Prometo Nunca Desistir” é uma história de fé, amor e superação na luta contra o cancro, em que a autora relata o seu percurso pessoal e a forma como encarou o cancro da mama.

Tudo começou em Setembro de 2014 quando lhe foi diagnosticada cancro da mama no Hospital Agostinho Neto. Como escreve Ariana Monteiro, foi um diagnóstico que transformou completamente a sua vida.

“Assustada e com poucos recursos, psicológicos e monetários no momento, recorri à minha família, a qual, considero ser a fonte de todas as minhas energias. Aconselharam-me a contatar uma prima em Dakar para nos apoiar com a marcação de consultas e repetir todos os exames solicitados”, escreve a autora.

Em Dakar os resultados não foram muito animadores e em Dezembro de 2014 foi evacuada pela primeira vez para Portugal para tratamento no Hospital Santa Maria, em Lisboa, cidade onde iniciou todo o processo de diagnóstico, tratamento e recuperação.

“Durante toda a minha vida antes do meu diagnóstico, que me recorde, tinha feito apenas uma remoção de verruga no nariz. Tratando‑se de uma pequena cirurgia realizada sob anestesia local, realizada no Hospital Dr. Batista de Sousa, no Mindelo, em 2007. Foi na altura uma decisão minha, por uma questão de estética e precaução. Hoje contabilizo sete cirurgias feitas após o diagnóstico que transformou a minha vida”, recorda Ariana.

O diagnóstico que transformou a vida da Ariana

“Prometo Nunca Desistir”, o primeiro livro de Ariana Monteiro, relata nos primeiros quatro capítulos: O diagnóstico que transformou a minha vida; Uma história de fé e de amor à vida; Evacuação, tratamento e motivação; e Aprovação e Recuperação a longa e incerta luta da protagonista contra o cancro que começou com o diagnóstico recebido em Setembro de 2014 e que transformou a vida da autora.

“Permaneci sempre consciente da minha delicada situação, porém a minha determinação e fé em Deus mantinham a chama da vida e a vontade de vivê-la plenamente, com confiança, rodeada de pessoas amigas e queridas e com o apoio incondicional dos meus familiares – tinha a certeza que venceria”, escreve Ariana Monteiro.

“Trata-se de uma obra que pretende auxiliar as pessoas, a família e a sociedade de um modo geral, sobre as formas que devem ter em conta perante o diagnóstico de cancro e a acreditar no tratamento e na superação”, lê-se na nota de imprensa.

Ariana Monteiro disse ao Expresso das Ilhas que a ideia de escrever o livro surgiu-lhe há bem pouco tempo, aquando da sua frequência em acções de formação online de Coaching, em 2020, e a sua participação em “Minha história” na pagina Sem Tabus.

O título Prometo Nunca Desistir, diz a autora, é provavelmente uma reminiscência da leitura de um livro que leu em Portugal sobre o cancro da mama da vocalista dos Silence 4, Sofia Lisboa, em coautoria com Natália Heleno Pereira. Na sua recente viagem de controlo em Lisboa, conta Ariana Monteiro, ela deparou-se com umas anotações que fizera e que a faz pensar que no fundo já tinha alguma intenção de relatar a sua história em forma de livro.

“Decidi escrever o livro agora graças a testemunhos e partilhas que passei a dar a convite da Diva's - Associação de Luta Contra o Cancro. Tornei-me vice-presidente da Diva’s e então passei a pensar mais no meu papel dentro da associação e no meu propósito de contribuir para a vida desta instituição. Aprendi muito com as pessoas que me motivaram em Portugal durante as várias fases do meu tratamento. Senti-me inspirada por outras guerreiras que conseguiram vencer a doença e então quis também partilhar um pouco disso com outras pessoas para motivar e inspirar outras guerreiras na luta contra o cancro”, ressalta.

“Diagnóstico não é sentença de morte”

Além de partilhar no livro o longo e penoso processo de tratamento e superação da doença, a autora quis mostrar também que o diagnóstico não é nenhuma sentença de morte. Reserva o V Capítulo ao Entendimento Oncológico, escrita e partilhada pela médica Hirondina Borges, Directora do Serviço de Oncologia do Hospital Agostinho Neto.

“Devemos ter fé, acreditar no tratamento e na cura. O que me motivou a vencer a luta contra o cancro foi querer viver a vida. A vida é bonita e tenho um filho, tenho uma família. Por isso, fui fiel a todas as indicações dos médicos para que, de facto, conseguisse superar o cancro e estar aqui hoje a dar este testemunho”.

O livro “Prometo Nunca Desistir – Uma história de luta, fé, amor e superação”, será lançado esta quinta-feira, 2, na Biblioteca Nacional. A apresentação estará a cargo de Carla Carvalhal e Janira Hopffer Almada.

Ariana Monteiro nasceu na Praia, a 5 de Fevereiro de 1979. Licenciou-se em Ciência Sociais pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB, em Abril de 2003. Foi mestranda na Universidade de Cabo Verde em 2009-2010. É Vice-Presidente da Diva’s, Associação de Luta Contra o Cancro, fundada em Outubro de 2018. É técnica de Reinserção Social.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:António Monteiro,2 set 2021 8:24

Editado porAntónio Monteiro  em  23 set 2021 10:19

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.