AME anuncia artistas e grupos já confirmados para a 8ª edição

PorDulcina Mendes,21 abr 2022 16:21

A organização do Atlantic Music Expo (AME) anuncia esta sexta-feira, 22, numa conferência de imprensa, os artistas e grupos confirmados para a 8ª edição, que terá lugar de 9 a 16 de Junho, sendo de 9 a 11 no Mindelo e de 13 a 16 na Praia.

Segundo o director geral do AME, Augusto Veiga, a realização do evento deste ano representa a esperança da retoma para o sector e o renascer dos grandes eventos culturais, tendo também em conta que a música e a cultura são uma das áreas mais castigadas pela pandemia.

“O AME é considerado como um dos maiores eventos musicais realizado em Cabo Verde e o seu cancelamento em 2020 e 2021 trouxe grandes prejuízos aos operadores nacionais na área do turismo, agência de viagens, hotelaria, restauração, transportes internos entre outros, para além de um bloqueio na visibilidade do país como referência do turismo cultural em África e na internacionalização dos artistas cabo-verdianos”, lembrou.

E acrescentou que o cancelamento desse evento também trouxe um grande prejuízo às cerca de 70 empresas nacionais que prestam serviço directamente ao evento nas diferentes áreas profissionais e técnicas, empresas essas lideradas na sua grande maioria por chefes de família, assim como na área do artesanato nacional que participa nos stands da feira, com mais de 40 expositores nacionais.

Para Augusto Veiga, durante os dias da realização do evento, serão atraídas centenas de pessoas para essas cidades, e Cabo Verde no geral, para a realização de negócios na área musical e onde podem experienciar boa música.

“Um ambiente de diversão e convívio familiar, dando ao mesmo tempo a Cabo Verde visibilidade a nível internacional que advém da cobertura mediática do AME de órgãos de comunicação social nacionais e internacionais, nomeadamente de Portugal, França, EUA, Angola, Itália, Espanha, Canadá, Holanda, Senegal, Marrocos, Japão entre outros, cujo total de jornalistas ultrapassa os 200 nestas 7 edições”, afirma.

O director geral do AME avançou que a edição deste ano, assim como todas as outras, contará com a presença de vários artistas e bandas da CPLP, da Europa, Américas e do continente Africano, com uma forte presença feminina, assim como delegados profissionais da área da música e stands a representar empresas, artistas e festivais do continente Europeu, Americano e Africano, servindo de ferramenta de integração e unidade cultural entre os povos.

“O AME tem sido um ponto de encontro de artistas e bandas de Cabo Verde e do mundo da chamada world music, o que tem permitido a sua visibilidade e mobilidade através de contratos para espetáculos, editoras, área digital e colaborações musicais, sendo um espaço único em África com estas condições, daí a escolha das duas ilhas por forma a dar mais visibilidade à nossa cultura de norte a sul do país e à sua grande diversidade”, frisa.

Este evento é gerido desde 2018 pela Associação Cabo Verde Cultural que agrega dez empresas de produção das diferentes ilhas de Cabo Verde, todas com muita experiência no mercado musical nas suas várias vertentes (organização de eventos, imprensa, produção áudio e vídeo, serviços de transfer e catering, direção de palco, entre outros), tendo esta associação sido criada de propósito para gerir o AME, e continuando com uma forte parceria financeira do Estado.

Todas as empresas que fazem parte da Associação Cabo Verde Cultural já prestavam serviços ao AME desde a sua primeira edição. A Associação Cabo Verde Cultural foi registada a 19/01/2018 na conservatória dos registos centrais de Cabo Verde.

O Atlantic Music Expo – AME é um mercado da música mundial no meio do oceano atlântico, único na região africana, que já é um marco musical e cultural de Cabo Verde para o mundo, tendo.se afirmado no calendário cultural e turístico da Cidade da Praia e de Cabo Verde durante 7 edições. 

Desde do seu nascimento em 2013, pelo palco do AME já passaram cerca de 300 actuações de artistas e bandas em showcases e daycases. Mais de 700 profissionais nacionais e internacionais da área da música participaram em conferências, workshops, b2bs, bem como mais de 500 expositores na feira profissional, para além de milhares de pessoas amantes da boa música e diversão de todo Cabo Verde e de vários países de todos os continentes.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Dulcina Mendes,21 abr 2022 16:21

Editado porA Redacção  em  11 ago 2022 23:28

pub.
pub.
pub.

pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.