​Cabo Verde vence Libéria e volta a depender de si para chegar ao Mundial

PorFretson Rocha, Rádio Morabeza,10 out 2021 19:15

Cabo Verde venceu hoje a Libéria por 1-0, em jogo da quarta jornada do grupo C da zona de apuramento africano para o Mundial 2022 de futebol. A seleção nacional de futebol ocupa a segunda posição do agrupamento, com 7 pontos, e depende de si para se qualificar.

Em jogo realizado no Estádio Adérito Sena, em São Vicente, os Tubarões Azuis criaram mais oportunidades de golo, mas o tento da vitória só aconteceu ao minuto 90, por intermédio de Ryan Mendes.

Depois de uma primeira parte com alguns lances de perigo, as duas equipas entraram no segundo tempo com mais dinâmica.

Os comandados de Pedro Brito “Bubista” foram mais eficazes e deram a vitória a Cabo Verde, a segunda consecutiva, depois de terem derrotado a Libéria por 2-1, em jogo realizado no dia 7, em Accra, no Gana.

Na conferência de imprensa após a partida, o selecionador nacional de futebol disse que a estratégia passou por ter a equipa em forma durante todo o jogo, depois de um intervalo de três dias entre as duas partidas, e com uma viagem pelo meio.

“Queríamos ter a certeza que a nossa equipa conseguiria terminar o jogo por cima e com possibilidade de ganhar. É o mais importante. A nossa seleção merece tudo e mais alguma coisa, pelo que passou nos últimos dias. E como dissemos no início, queremos estar dentro da qualificação, e uma das regras de uma qualificação é manter dentro das possibilidades de se qualificar”, realça.

“Também gostaria de parabenizar a equipa da Libéria, que foi um adversário bastante difícil nos dois jogos”, aponta.

Ao contrário do que aconteceu no jogo da segunda jornada, em que Cabo Verde perdeu por 2-1 com a Nigéria, numa partida disputada no Adérito Sena, desta vez a Confederação Africana de Futebol (CAF) autorizou a presença de 1.500 pessoas no estádio. Bubista considera que o carinho do público foi importante.

“Desde o último jogo que fizemos em casa, quisemos demonstrar o nosso valor. Obviamente que estávamos a dever ao povo de São Vicente desde a última jornada, em que não foram autorizados a ver o jogo no campo. Ter adeptos no estádio, desta vez, foi extremamente importante", destaca.

image

Presente na conferência de imprensa, o futebolista Marco Soares realçou a importância da vitória, pelas dificuldades dos últimos dias.

“Temos dado sempre tudo para o nosso país. As duas vitórias conseguidas foram tiradas do coração, porque chegámos no Gana, no primeiro dia, e nem tivemos um campo para treinar. O único treino que fizemos foi antes do jogo. Jogámos às 13 horas, com 30 graus na cabeça. Mas depois da viagem, de todo o cansaço, chegámos lá e conseguimos os três pontos. Três dias depois tivemos que fazer a viagem de regresso para jogar em São Vicente. A Libéria chegou dois dias antes. Nós, ontem, às 6 da manhã, estávamos sentados no Aeroporto de Lisboa e com um jogo hoje muito importante para a qualificação, onde estamos metidos na luta até ao final. Mas é tudo graças ao espírito, a união, a coesão do grupo e a paixão que temos por Cabo Verde”, realça.

Com a vitória de hoje, a seleção nacional de futebol assegura o segundo lugar do Grupo C da zona de apuramento africano para o Mundial 2022, com 7 pontos. A Nigéria lidera com 9. A República Centro Africana está na quarta posição com 4 pontos, seguida da Libéria, última classificada, com 3 pontos.

Cabo Verde tem ainda dois jogos por disputar, com a República Centro Africana e com a Nigéria.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha, Rádio Morabeza,10 out 2021 19:15

Editado porFretson Rocha  em  26 out 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.