PIB cresce 3,4% no primeiro trimestre

PorAndré Amaral,4 ago 2018 7:09

​Crescimento do PIB dá sinais de abrandamento. Depois de crescer a 4,7% no último trimestre de 2017, o crescimento do Produto Interno Bruto no primeiro trimestre deste ano ‘ficou’ pelos 3,4%. Relatório do INE está em linha com o que tinha sido dito pelo GAO aquando da sua última visita a Cabo Verde e que sugeria “alguma moderação da actividade económica”

No 1.º trimestre de 2018 o PIB registou uma variação homóloga de 3,4%, em termos reais, o que representa um aumento de 0,2 p.p comparativamente ao primeiro trimestre de 2017 e uma diminuição de 0,8 p.p em relação ao trimestre anterior.

Esta evolução resultou do contributo positivo do investimento e negativo do consumo final. Assim, a taxa de crescimento estimada para o ano 2017 foi revista, passando de 3,9% a 4,0%”, anunciou ontem o Instituto Nacional de Estatística.

Assim, segundo o relatório das Contas Nacionais Trimestrais, no 1.º trimestre de 2018 o PIB registou uma variação homóloga de 3,4%, em termos reais e o Consumo Final registou uma variação homóloga negativa de 3,8% no 1.º trimestre de 2018 (6,5% no trimestre anterior).

Explicando. “O consumo privado diminuiu 3,2%, em termos reais no 1.º trimestre de 2018, o que se traduziu numa desaceleração face ao crescimento de 8,8% observado no 4º trimestre” do ano passado e o “consumo público apresentou uma taxa de variação homóloga de -6,0% (variação -1,6% no trimestre anterior)”.

Já no que respeita ao Investimento, o INE registou “uma variação homóloga positiva, de 8,4% em volume no 1.º trimestre de 2018” o que significa uma variação de 9,5% relativamente ao trimestre anterior.

Exportações crescem e importações descem

O relatório do INE aponta ainda que as Exportações de Bens e Serviços em volume “registaram no 1.º trimestre, uma variação homóloga de 3,1% (16,4% no trimestre anterior)”. Já as Importações de Bens e Serviços, “em termos homólogos, diminuíram 3,5% (18,8% no 4.º Trimestre de 2017)”.

Valor Acrescentado Bruto com variação positiva

O relatório do Instituto Nacional de Estatística mostra que o Valor Acrescentado Bruto (VAB) do ramo Agricultura registou uma diminuição de “37,8% no 1.º trimestre de 2018, contribuindo, negativamente, em -2,8 p.p na variação total do crescimento do PIB”.

Na Indústria Transformadora este mesmo indicador registou um aumento de 25,3% (20,5% no 4.º trimestre de 2017), contribuindo com 1,5 p.p. para a variação total do crescimento do PIB e no ramo da Construção, verificou-se um aumento de 6,6% no 1o trimestre, tendo uma contribuição de 0,8 p.p na variação total do crescimento do PIB.

“O VAB do ramo de Comércio apresentou, no 1.º trimestre de 2018, uma variação homóloga de 6,3% em volume (6,7% no trimestre anterior), traduzindo-se num contributo para a variação homóloga do PIB em 0,4 p.p. O VAB dos ramos de Transporte, Alojamento e Restauração apresentaram, em termos reais, uma variação de 0,03% e 14,8%, no 1.º trimestre (contribuição de 0,1 p.p e 0,6 p.p, respetivamente)”, acrescenta o INE.

Por último, o VAB do ramo da Administração Pública registou um aumento de 5,1% no 1o trimestre (-3,4% no 4o trimestre 2018), contribuindo em 1,0 p.p na variação total do crescimento do PIB.

A concluir, o INE adianta que por sua vez, os Impostos Líquidos de Subsídios sobre os Produtos, em termos reais, apresentaram um crescimento homólogo de 4,1% no 1.º trimestre, contribuindo em 0,6 p.p na variação total do crescimento do PIB.


Atraso na apresentação das contas

O relatório das Contas Nacionais Trimestrais devia ter sido apresentado no final de Junho. No entanto, segundo explica o INE, o atraso ficou a dever-se “à informação insuficiente e tardia por parte das entidades. Recorda-se que os dados definitivos das contas nacionais eram divulgados no mês de Novembro de cada ano. Com o intuito de melhorar as estimativas utilizando dados mais recentes, o INE decidiu, em 2017, disseminar estas estatísticas em Junho, ou seja, antecipando a sua divulgação em 5 meses”.

Texto originalmente publicado na edição impressa do Expresso das Ilhas nº 870 de 01 de Agosto de 2018.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

PIB ine

Autoria:André Amaral,4 ago 2018 7:09

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.