Vivo e Enacol garantem stock de gás

PorExpresso das Ilhas, Lusa,22 mar 2020 8:44

​As duas distribuidoras de combustíveis de Cabo Verde garantem ter ‘stock’ suficiente de gás butano e pede a colaboração dos clientes perante um aumento da procura nos postos de venda por causa do novo coronavírus.

Em comunicado, a Enacol, Empresa Nacional de Combustíveis adiantou que está a acompanhar com “muita atenção a situação crítica da pandemia” da covid-19 que tem atingido muitos países e que tem provocado nos últimos dias uma grande afluência por parte dos clientes aos postos de venda, para a compra e contratos de garrafas de gás.

Segundo a empresa, esta situação tem gerado desordem nos postos de venda com aglomerações de pessoas, não aconselháveis devido aos riscos de propagação da doença.

Por isso, a empresa apelou aos clientes a compra apenas da quantidade necessária do produto, evitando com isso, o açambarcamento de várias garrafas de gás, em casa, que também comprometem a sua segurança.

“A nossa prioridade é garantir a segurança dos nossos clientes, colaboradores e comunidade onde estamos, pelo que o cumprimento das recomendações de segurança ser de extrema importância na luta contra esta pandemia”, escreveu a empresa, garantindo que o ‘stock’ de gás butano estará constantemente a ser reposto.

A Enacol concluiu: “Apelamos assim à compreensão de todos, esperando que com civismo e serenidade possamos ultrapassar esta fase”.

A Vivo Energy também constatou um aumento da procura de garrafas de gás butano nos seus postos de venda em todo o país e garantiu que o ‘stock’ neste momento é suficiente para assegurar o normal fornecimento à população.

“Não existem quaisquer constrangimentos ou restrições no tocante à importação do produto, pelo que não antevemos situações de escassez ou rotura em Cabo Verde, não havendo portanto, razão para receio”, esclareceu a empresa.

A Vivo Energy apelou, por isso, a uma “utilização racional e consciente desse produto, pedindo a cada um que adquira somente o que necessita, evitando armazenar um número excessivo de garrafas em casa, tendo em conta igualmente os elevados riscos de segurança daí advenientes”.

Esta empresa pediu ainda aos consumidores para entregarem as garrafas vazias em excesso e sem utilização, que possam eventualmente ter em casa, por forma a aumentar o parque de garrafas disponíveis, enchendo-as e colocando-as de volta no mercado.

“Contamos com a colaboração de todos, plenamente convictos de que, juntos, conseguiremos ultrapassar este momento conturbado”, terminou a Vivo Energy.

Cabo Verde registou oficialmente até ao momento três casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus, todos na ilha da Boa Vista, que está de quarentena.

Desde quinta-feira, por decisão do Governo, e pelo menos até 09 de Abril, estão proibidas as ligações aéreas oriundas de 26 países, incluindo Portugal e Brasil.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infectou mais de 271 mil pessoas em todo o mundo, das quais pelo menos 12.000 morreram.

Depois de surgir na China, em Dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adoptaram medidas excepcionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,22 mar 2020 8:44

Editado pormaria Fortes  em  10 abr 2020 9:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.