Turismo com quebra de 93,6% no primeiro trimestre

PorExpresso das Ilhas,31 mai 2021 9:44

Portugal foi o principal emissor de turistas para Cabo Verde. Ingleses são os que mais tempo ficam no país.

Cabo Verde teve uma quebra de 93,6% face ao trimestre homologo no que respeita à entrada de turistas no país durante o primeiro trimestre deste ano.

Segundo os números, hoje divulgados pelo INE, entraram no país, entre Janeiro e Março deste ano, cerca de 12 mil turistas quando em igual período de 2020 já tinham chegado a Cabo Verde 189.110.

Associada a esta descida do número de turistas está, naturalmente, a quebra da quantidade de dormidas nas unidades hoteleiras do país: 28.912 no primeiro trimestre deste ano contra 1.102.883 no mesmo período de 2020, o que se traduz numa variação negativa de 97,4%, em relação ao trimestre homólogo.

"A ilha do Sal continuou a ter maior acolhimento, com 40,2% do total das entradas, seguida da Boa Vista com 28,1% e de Santiago com 16,0%. Em relação às dormidas, a ordem é a mesma: Sal com 49,3%, Boa Vista com 37,6% e Santiago com 6,0%", avança o INE.

O relatório do INE aponta que o "principal mercado emissor de turistas foi Portugal com 16,6% do total das entradas. A seguir vêm, França, Estados Unidos e Espanha, responsáveis por, respetivamente, 8,6%, 6,1% e 2,8%, do total das entradas".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

INE Turismo

Autoria:Expresso das Ilhas,31 mai 2021 9:44

Editado porAndre Amaral  em  16 jun 2021 23:21

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.