Santo Antão passa a contar com dez novas unidades turísticas inauguradas hoje

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,22 jun 2021 10:28

Santo Antão passa a contar, a partir de hoje, com dez novas unidades turísticas, cujo acto inaugural, presidido pelo presidente da associação dos municípios da ilha, Aníbal Fonseca, acontece no Planalto Norte, no município do Porto Novo.

Essas unidades turísticas foram criadas no quadro do Projecto Turismo e Comunidades de Santo Antão, financiado pela Cooperação Luxemburguesa, através do programa emprego e empregabilidade, que visa promover iniciativas locais de emprego, no âmbito do turismo rural de base comunitária.

Para a operacionalização do projecto, a Cooperação Luxemburguesa delegou recursos ao Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF) para o financiamento das unidades de negócios, pertencentes a associações locais, que são inauguradas hoje, na presença do encarregado de negócios da Embaixada do Luxemburgo em Cabo Verde, Thomas Barbancey.

De acordo com uma nota do FPEF, esses empreendimentos, distribuídos de forma equilibradas pelos três concelhos da ilha, formam a “rede do turismo e comunidades da ilha de Santo Antão” que aposta, a partir de agora, na dinamização do turismo rural, nesta região.

São dez as unidades turísticas implementadas pelas associações locais, num investimento a rondar os 22 mil contos, que aumenta, assim, a capacidade de alojamento em Santo Antão, ilha que passa a contar com 85 estabelecimentos de alojamento turístico.

Porto Novo beneficiou dos projectos “Turismo agro-ecológico”, da Associação dos Moradores e Amigos de Ribeira de Corujinha, o projecto “Casa das Caldeiras”, da Associação Mulheres do Planalto Leste, e a “Hospedagem Lilua: iniciativa comunitária de turismo e preservação ambiental do planalto norte” da associação Luz Verde do Norte.

O concelho da Ribeira Grande, por seu lado, recebeu os empreendimentos Pousada Turística Dragoeiro, da Associação de Desenvolvimento integrado de Matinho de Leste e Monte Joana (ADIM), a “Hospedagem turística em espaço rural e alimentação”, da Associação das Mulheres Solidárias de Figueiral e “Garça turístico”, da Associação de Protecção Ambiental e Desenvolvimento de Garça de Cima.

Paul foi contemplado com três projectos, nomeadamente a “Casa do café de Santa Isabel”, da Associação Comunitária dos Agricultores e Criadores de Gado de Santa Isabel, “RESSOAR – Qualificação do Turismo Rural Comunitária do Paul”, da Liga dos Amigos do Paul, e “Pousada Turística”, da associação Oásis do Pico da Cruz.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,22 jun 2021 10:28

Editado porAndre Amaral  em  4 abr 2022 23:20

pub.

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.