Destaques da edição 935

PorExpresso das Ilhas,30 out 2019 2:22

Esta semana o Expresso das Ilhas chama a manchete duas entrevistas. A primeira com João Santos, Superintendente da Polícia Nacional e com Paulo Tavares, Director Geral dos Serviços Prisionais e da Reinserção Social.

O governo tem anunciado esforços para combater a criminalidade e o clima de insegurança que se faz sentir. No entanto, João Santos, antigo oficial da Polícia Nacional, defende que “ninguém avalia a performance nessa matéria por via dos esforços. O que se analisa são os resultados” e que apesar desse esforço por parte do Estado em aumentar a segurança “a realidade criminal cabo-verdiana desmente totalmente os esforços que vêm sendo feitos”.

Paulo Tavares, Director Geral dos Serviços Prisionais e da Reinserção Social. “A situação nas cadeias do país é normal”. O Director Geral dos Serviços Prisionais reconhece que há uma superlotação nos estabelecimentos prisionais de Cabo Verde, sobretudo na Cadeia Central da Praia, mas vai dizendo que o rácio guarda prisional/ número de reclusos, embora não seja o desejável, permite manter a segurança nas prisões do país e garantir ao recluso “o direito de comer, de dormir, de estar seguro para que ninguém o afronte ou cometa qualquer tipo de crime contra ele”.

Nesta edição o tema da paridade volta a estar em destaque. A má notícia é que Cabo Verde está a perder terreno em vários rankings de igualdade de género, destacadamente em termos de participação política das mulheres, indicador em que está a ser ultrapassado por diversos países. A boa notícia é que amanhã vai à Plenária um instrumento considerado fundamental para corrigir esse desequilíbrio de forma célere. E a julgar pela discussão (antecipada) que decorreu ontem, antevê-se a aprovação da Lei da Paridade, neste que é considerado um momento histórico na Assembleia Nacional. Entretanto, para relembrar,estas são algumas questões que há que ter em conta.

Em destaque, esta semana, está um dos problemas de saúde que mais pessoas afecta a nível mundial. O stress. A Organização Mundial da Saúde (OMS) reconheceu o stress como uma epidemia global que afecta mais de 90% da população do mundo. Entretanto, segundo especialistas, é preciso estar atento aos sinais de alerta e tentar dominar esta reacção do corpo humano que poderá trazer consequências de grandes dimensões. 

Na política o destaque vai para a abertura do ano político pelo PAICV que abriu, este fim-de-semana, o ano político com uma cerimónia na Assembleia Nacional. José Sanches, até agora o único candidato confirmado à eleições internas, não esteve presente. A presidente do partido, Janira Hopffer Almada, no discurso que fez perante uma sala cheia, acusou o governo de não garantir oportunidades para os jovens.

No sector do ensino superior há a destacar a transferência do ex-ISECMAR para a Universidade Técnica do Atlântico. Depois da criação do Campus do Mar, no ano passado, estabelecem-se agora as medidas para a concretização do mesmo e operacionalização dos seus três pilares: Investigação, Formação Técnico-Profissional e Ensino Superior.Neste sentido foi, esta semana, publicada em Boletim Oficial a resolução que determina a transferência de património da Uni-CV para a Universidade Técnica do Atlântico e Escola do Mar, instituições de ensino que sustentam dois desses pilares do Campus.

Na cultura há a destacar dois temas. O primeiro é a entrevista com o grupo Samba Groove. Nasceram na efervescência e rebuliço típicos do Carnaval Mindelense, fruto de um feliz casamento entre o ritmo e a paixão. Dizem-se muito mais do que um grupo; uma família e rapidamente conquistaram o seu público, cativando o coração de todos aqueles que trazem a folia e a festa do Rei Momo no sangue. Fenómeno de popularidade e aceitação, tornaram-se presença obrigatória nas mais diversas e variadas manifestações culturais da ilha do Monte Cara. A fama que granjearam ultrapassou as fronteiras do nosso país e levou-os a serem chamados para participar, como “convidados de honra” no prestigiado festival internacional do ritmo, Percusounds 2020, a ter lugar na Bélgica. Olham para o sucesso, acima de tudo, como uma consequência do trabalho e não uma meta e têm como objectivo primordial, a UNIÃO dentro do Carnaval.

O segundo tema em destaque na cultura é A Morna do Expresso das Ilhas. O Expresso das Ilhas, por ocasião da Candidatura da Morna a Património Cultural da Humanidade, vai distribuir com o jornal, durante os meses de Novembro e Dezembro, uma colecção de “Morna: Música Rainha de Nôs Terra” (5 livros + CD), que é o resultado de uma parceria com a Editora A Bela e o Monstro e o jornal Público de Portugal.

A não perder igualmente o artigo de opinião de Eurídice Monteiro.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,30 out 2019 2:22

Editado porAntónio Monteiro  em  13 nov 2019 20:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.