Destaques da edição 936

PorExpresso das Ilhas,6 nov 2019 0:00

Nesta edição, o Expresso das Ilhas destaca a entrevista com Alexandre Monteiro, ministro da Energia: Micro-geração está a crescer e é “aposta acertada”.

Um ano depois do início da implementação do novo plano energético pelo governo, Alexandre Monteiro faz um balanço do que foi feito e do que se perspetiva para o futuro. A aposta nas renováveis é para continuar e já estão previstos investimentos para diminuir a dependência de Cabo Verde em relação ao petróleo. Energia eólica e solar, micro-geração e a mobilidade eléctrica são essenciais para a redução da pegada ecológica do país, defende o ministro.

Também neste número, o novo quadro de parceria 2020-2025: Banco Mundial aponta os recursos humanos e o ambiente económico como principais constrangimentos. Apoiar Cabo Verde na construção das bases de um hub económico diversificado, inclusivo e resiliente, é a meta estratégica do novo quadro de parceria entre o Banco Mundial e o governo de Cabo Verde para 2020-2025, um acordo que se pode resumir em quatro objectivos dentro de duas áreas de resultados: melhorar o capital humano e fortalecer o ambiente económico. Os responsáveis da instituição financeira internacional falam em lições aprendidas com o quadro anterior, mas o documento também mostra um país onde os desafios são ainda enormes.

Operadores do Sal registam aumento de turistas com o Programa Cabo Verde Stopover. O Programa Cabo Verde Stopover implementado pela companhia aérea de bandeira nacional, Cabo Verde Airlines já demonstra os seus frutos. Os operadores turísticos da ilha do Sal, contactados pelo Expresso das Ilhas, são unânimes em afirmar que a presença de turistas, nomeadamente do Brasil, aumentou graças à nova opção disponibilizada aos passageiros da Cabo Verde Airlines, de viajar para a Europa com escala no arquipélago, que pode ser de até sete dias, sem custos adicionais no bilhete de viagem.

Jorge Carlos Fonseca em visita a Santa Catarina: “Município com muitas potencialidades” mas com problemas por resolver. Jorge Carlos Fonseca esteve, na semana passada, em visita de dois dias ao concelho de Santa Catarina de Santiago. Apesar das diferenças que diz notar em relação à data da última visita que fez ao concelho, Jorge Carlos Fonseca admite que ainda há coisas a melhorar.

Viver com Diabetes: A investigação da Federação Internacional de Diabetes (IDF, na sigla em inglês), actualmente o mundo conta com 425 milhões de adultos diabéticos. A estimativa, segundo o relatório, é de que até 2045 a população com diabetes aumente em quase 50%, alcançando o total de 629 milhões. Em Cabo Verde, dados referentes a 2007 apontam para uma taxa de prevalência de 12,7%.

Ainda o empresário Tony Elumelu: “Precisamos de começar a formar para a empregabilidade”. Empresário de referência no continente africano, o nigeriano Tony Elumelu destaca-se pelo apoio dado ao empreendedorismo jovem, através da fundação com o seu nome. Aos jovens, pede foco e resiliência. Aos governos, que garantam condições para que boas ideias se possam transformar em bons negócios. Sobre educação, alerta para a necessidade de se formarem quadros que respondam às necessidades do mercado de trabalho.

No interior, a opinião de Amílcar Spencer Lopes, Denúncia; de Adriana Carvalho, Espaços com história II; e de Vicente de Paiva Brandão, A queda do Muro de Berlim e a redefinição da ordem mundial. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,6 nov 2019 0:00

Editado porDulcina Mendes  em  12 dez 2019 9:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.