Edição 1156

PorExpresso das Ilhas,24 jan 2024 0:01

Na edição desta semana do Expresso das Ilhas fazemos manchete como a entrevista a Luís Vasconcelos, Presidente da Comissão Executiva (PCE) do BCN.

Nesta conversa o PCE do BCN relembra os quase 30 anos de história desta instituição bancária e fala do futuro do sector em Cabo Verde.

Também damos destaque à questão da biodiversidade em Cabo Verde.

Há cerca de cinco anos que não se vêm Fragatas (Rabil) de Cabo Verde. Os últimos exemplares conhecidos eram duas fêmeas, o que impossibilitava a reprodução, e, portanto, a espécie fora já por alguns apelidada de “fóssil vivo” no arquipélago. Agora, falta só a oficialização da sua extinção a que se soma e o potencial desaparecimento de várias outras aves, várias delas endémicas, numa perda para o país e para o Mundo. “Há uma extinção em silêncio de algumas espécies”, alerta Samir Martins, da BIOS.CV.

Falamos também sobre a visita do Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, a Cabo Verde.

Na curta visita que fez, esta segunda-feira, a Cabo Verde o Secretário de Estado dos EUA destacou a importância que o continente africano tem para o seu país. Ulisses Correia e Silva quer reforçar parcerias com os EUA.

Na capa desta edição abordamos também o tema do mapeamento da diáspora.

Quantos são, onde estão, quem são e como estão os cabo-verdianos espalhados pelo mundo? Estas são questões a que o projecto Mapeamento da Diáspora, conforme já tem vindo a ser anunciado, pretende dar resposta. O projecto é oficialmente lançado hoje, 24 de Janeiro, e espera-se que os primeiros resultados desta grande empreitada sejam apresentados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) em Dezembro de 2025. Elga Tavares, técnica do INE, explica como será feito este processo.

Em São Vicente fomos ver como estão as obras do Data Center.

O fim da construção do Data Center de São Vicente será apenas a conclusão da primeira etapa – e por ventura a mais fácil – do projecto do TechPark.CV no Mindelo. A plena rentabilização do investimento dependerá da capacidade de atrair empresas e tornar o equipamento um local de criatividade e inovação.

No desporto destaque para o desempenho das selecções nacionais de Futebol e de Andebol nos respectivos Campeonatos Africanos das Nações.

Cabo Verde está por estes dias na boca do mundo! E a razão não é para menos. As selecções nacionais de futebol e de andebol estão a protagonizar verdadeiros espectáculos na 34ª edição do Campeonato Africano das Nações CAN’2023, que decorre na Costa do Marfim e na 26ª CAN’2024, que está a ser disputado no Egipto. Este súbito arranque não só está a surpreender a África, mas também ao mundo do desporto. A selecção de futebol venceu a fase de grupo, de forma imaculada, com duas vitórias e um empate. Já o combinado de andebol ganhou a sua poule A, desta feita, com o pleno de vitórias nos três confrontos. E esta terça-feira, 23, Cabo Verde alcançou a quarta vitória consecutiva, ao vencer Marrocos por (31-22) e já está nas meias-finais contra a Argélia e, simultaneamente, qualificada para o Mundial.

A ler igualmente o artigo de opinião ‘10 Anos do Acordo Jurídico entre o Estado de Cabo Verde e a Santa Sé – Que ilações?’ da Autoria de Adilson Semedo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,24 jan 2024 0:01

Editado porAndre Amaral  em  1 mar 2024 23:28

pub.

pub.

pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.