Cientistas americanos e chineses criam lente de contacto com zoom

PorExpresso das Ilhas,3 set 2019 6:15

Cientistas norte-americanos e chineses trabalharam juntos para desenvolver uma lente de contato gelatinosa capaz de mudar a distância focal à vontade do freguês, neste caso, do utilizador.

Segundo o dn.pt, é mais um passo para uma das antevisões mais famosas de Elon Musk, o icónico líder da Tesla, da SpaceX e da NeuraLink (empresa que anunciou recentemente um protótipo que poderá permitir a tornar, de certa forma, o cérebro num computador). Musk acredita que o ser humano será em breve uma espécie de ciborgue com capacidades aumentadas graças à tecnologia.

Um grupo de especialistas em materiais flexíveis da Universidade da Califórnia em San Diego e do Instituto de Tecnologia de Harbin, na China, colaboraram para tornar as lentes de contacto interativas uma realidade.

O trabalho que o grupo está a fazer parece tirado de um filme de ficção científica. As lentes de contacto que estão a ser desenvolvidas são discretas, mas usam tecnologia de topo para proporcionar uma visão melhorada (ao estilo realidade aumentada) podendo mesmo tirar fotos e gravar vídeos. As lentes de contacto são controladas por movimentos básicos dos olhos, permitindo ao utilizador aumentar o zoom quando piscar duas vezes, por exemplo.

Tudo isto é possível pela medição dos chamados sinais eletrooculográficos gerados quando o olho faz certos movimentos, como piscar, piscar duas vezes, subir, descer, virar para o lado esquerdo ou direito. Foi, assim, criada uma lente macia que responde a esses sinais. A eletrooculografia é normalmente usada para avaliar a função óptica e dar diagnósticos, mas também tem sido utilizada como uma espécie de porta de entrada para a interface cérebro-computador.

Segundo os investigadores, estas lentes de contacto podem fazer a diferença como uma espécie de próteses visuais, mas também ajudar a operar robôs remotamente ou para uma espécie de óculos ajustáveis.

Texto originalmente publicado na edição impressa do expresso das ilhas nº 926 de 28 de Agosto de 2019. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,3 set 2019 6:15

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  15 set 2019 21:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.