EUA alargam lista negra chinesa

PorExpresso das Ilhas,8 out 2019 8:12

Documento actualizado pelo Departamento do Comércio incluiu mais 28 empresas na famosa lista negra. Oito dessas empresas actuam na área da vídeo-vigilância.

Com esta actualização feita pelo governo americano, as empresas em questão ficam então efectivamente proibidas de trabalhar e comprar componentes/serviços a empresas norte-americanas.

No documento partilhado pelo Departamento do Comércio dos EUA é referido que as empresas em questão foram colocadas na lista negra pelo papel “na implementação da campanha de repressão, detenções arbitrárias em massa e vigilância de alta tecnologia de China”. Entre as empresas encontramos a Hangzhou Hikvision Digital Technology Co., a Zhejiang Dahua Technology Co., a SenseTime Group Ltd., a Megvii Technology Ltd., a Yitu Technologies, a iFlytek, a Xiamen Meiya Pico Information e a Yixin Science and Technology Company.

Este é o mesmo tratamento aplicado pelos EUA à gigante tecnológica chinesa Huawei, com o futuro da empresa dependente das negociações entre o governo norte-americano e a China no âmbito da actual guerra comercial.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,8 out 2019 8:12

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 out 2019 14:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.