Mais um episódio na ‘guerra’ entre os EUA e a Huawei

PorExpresso das Ilhas,12 fev 2020 10:01

EUA acusam Huawei de aceder indevidamente a redes de operadoras mas a empresa tecnológica chinesa já veio a público reagir.

A Huawei continua a ser alvo de suspeitas nos EUA de estar a operar a mando do governo chinês. As acusações foram feitas por membros do governo norte-americano que foram entrevistados pelo The Wall Street Journal.

De acordo com os relatos feitos à publicação, a Huawei conseguirá alegadamente aceder indevidamente às redes de operadoras de comunicações. Um dos membros da administração americana disse mesmo que a Huawei é a única a ter esta capacidade e que não avisa as agências nacionais de segurança.

Em resposta, a Huawei negou as acusações e declarou ao Wall Street Journal que “nunca fez nem nunca fará” nada para prejudicar os seus clientes. Ainda que confirme a existência a acesso especial para auxiliar investigações policiais, a Huawei defende que estes acessos são regulados e necessitam de autorizações especiais.

Ainda que no passado tenham sido encontradas vulnerabilidades nos routers da empresa, operadoras como a Vodafone já negaram ter encontrado sinais que tenham sido usadas ‘portas de traseiras’ para fins de espionagem.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,12 fev 2020 10:01

Editado porAndre Amaral  em  17 fev 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.