Dormir menos de cinco horas aumenta o risco de doenças crónicas

PorExpresso das Ilhas,19 out 2022 9:18

Um novo estudo publicado na revista científica PLOS Medicine concluiu que as pessoas com menos de cinco horas de sono correm mais risco de desenvolver doenças crónicas. A pesquisa contou com mais de sete mil participantes, homens e mulheres, entre os 50 e os 70 anos.

O estudo da University College London foi feito por investigadores britânicos e franceses e explica que o aumento de doenças crónicas era 30% e 40% superior do que em pessoas que dormiam até sete horas.

A pesquisa tentou ainda perceber a ligação entre a duração do sono e a mortalidade. Pessoas que dormiam até cinco horas viam o risco de morte aumentar em 25%.

No caso de quem já tinha uma doença crónica, o risco de vir a desenvolver outro tipo de doença aumentou em 35%.

"À medida que as pessoas envelhecem, os hábitos de sono e estrutura do sono mudam. No entanto, é recomendado dormir entre sete a oito horas por noite”, revela Séverine Sabia, uma das responsáveis do estudo.

A pesquisa indicou ainda que devem ser evitadas grandes refeições antes de dormir, uma vez que acabam por afectar a qualidade do sono.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Tópicos

sono saúde

Autoria:Expresso das Ilhas,19 out 2022 9:18

Editado porSara Almeida  em  3 dez 2022 23:27

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.