Os modelos (alguns) com que a Volkswagen quer conquistar o mercado dos eléctricos

PorExpresso das Ilhas,19 jul 2019 10:21

A Volkswagen está a lançar uma verdadeira ofensiva no mercado da mobilidade eléctrica. O ID.3 é apenas o primeiro membro de uma família que nos próximos 10 anos vai ter 70 novos membros em todo o grupo controlado pela VW.

O Volkswagen ID.3 - de que já lhe falamos aqui no Expresso das Ilhas - é, como já dissemos, o primeiro modelo totalmente eléctrico da marca alemã e já falta pouco para começar a ser visto nas estradas um pouco por todo o mundo.

Para enquanto são seis os concepts que a VW já mostrou ao mundo.

ID. Crozz

image

Não é um SUV. É um CUV (Crossover Utility Vehicle) e a versão final será apresentada em 2020 depois de ter sido apresentado ao público pela primeira vez em 2017. 

Os números avançados pela Volkswagen para o ID. Crozz deverão ter paralelo no modelo de produção. Ou seja, 225 kW de potência (306 cv) — distribuídos por dois motores, um dianteiro (75 kW) e outro traseiro (150 kW) —, 180 km/h de velocidade máxima (limitada) e uma autonomia de 500 km. Também foi anunciado um tempo de apenas 30 minutos para carregar a bateria de 83 kWh até aos 80%, quando ligado a um carregador rápido (150 kW).

ID. Buggy

image

Toda a gente gostava de o ver ser produzido. Ninguém sabe se vai ser - tirando os responsáveis da VW. A única coisa que se sabe é que se alguma vez chegar às linhas de produção será nas de um fornecedor externo.

A sua criação teve outros objectivos e permitiu demonstrar a versatilidade da plataforma MEB, que parece conseguir adaptar-se a todas as tipologias de veículos — desde o SUV à clássica berlina, até um radical Buggy.

ID. Vizzion

image

O Volkswagen ID. Vizzion será o porta-estandarte da família ID., assumindo os contornos de uma berlina de três volumes, mais fluídos e estilizados. Foi apresentado no Salão de Genebra de 2018, destacando-se por também ser um veículo 100% autónomo (nível 5) dispensando a presença de volante e pedais. A sua versão de produção, a chegar em 2022, certamente não irá tão longe… pelo menos para já, mas a Volkswagen anuncia que estará pronto para essa eventualidade.

Está equipado com a bateria de 111 kWh, a de maior capacidade, o que permite amplos 665 km de autonomia — com números destes, não haverá espaço para qualquer ansiedade de autonomia. Surgiu com 225 kW (306 cv), apresentando uma disposição mecânica idêntica à do ID. Crozz.

ID. Roomzz

image

Foi a última adição à crescente família ID., tendo sido apresentado no Salão de Xangai de 2019, mas não será o último dos ID. a chegar — o modelo de produção chega em 2021. O Volkswagen ID. Roomzz assume-se como um SUV de grandes dimensões, com aproximadamente 5 m de comprimento e herda do mais compacto ID. Crozz grande parte dos seus atributos motrizes — tracção integral, 225 kW de potência e baterias com 82 kWh de capacidade. A autonomia anunciada é de 450 km e é capaz de atingir os 100 km/h em 6,6s.

ID. Buzz

image

A recuperação de um ícone. 

Foi o segundo concept ID. a ser conhecido, no Salão de Detroit em 2017, e foi certamente o que gerou mais… “buzz”. O Volkswagen ID. Buzz é, efectivamente, a “Pão de Forma” para o séc. XXI, com chegada ao mercado prevista para 2022. Curiosamente, a primeira experiência da Volkswagen com veículos eléctricos aconteceu precisamente com um protótipo da histórica “Pão de Forma” ou T2, de 1970.

O concept anunciava até 600 km de autonomia e até 275 kW de potência (374 cv), distribuídos por dois motores, garantindo tração às quatro rodas — potência suficiente para cumprir os clássicos 0 aos 100 km/h em meros 5s. Como novidade, a possibilidade de carregar a bateria por indução, ou seja, sem recorrer a cabos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,19 jul 2019 10:21

Editado porAndre Amaral  em  18 ago 2019 12:19

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.