Temer libertado por ordem do tribunal

PorExpresso das Ilhas,26 mar 2019 8:41

O ex-presidente do Brasil, Michel Temer, deixou, esta segunda-feira, a superintendência da Polícia Federal do Rio de Janeiro, onde estava detido.

A libertação acontece depois da decisão tomada pelo desembargador Antonio Ivan Athié, do Tribunal Regional Federal da 2ª Região, que determinou também a libertação do ex-ministro Moreira Franco, do coronel Lima, suposto operador financeiro do alegado esquema criminoso supostamente comandado por Temer, e de outros quatro visados na mesma operação.

O juiz tinha marcado para dia 27 a audiência do pedido de habeas corpusapresentado por Temer, mas antecipou a decisão. 

"Ao examinar o caso, verifiquei que não se justifica aguardar mais dois dias pela decisão, ora proferida e ainda que provisória, eis que em questão a liberdade. Assim, os 'habeas corpus' que foram incluídos nos assuntos da próxima sessão, ficam dela retirados", declarou.

Temer, de 78 anos, foi detido na quinta-feira, em São Paulo, a pedido dos investigadores da operação Lava Jato do Rio de Janeiro, investigado em vários casos ligados à maior operação de combate à corrupção no Brasil, que investiga desvio de fundos da empresa petrolífera estatal Petrobras.

Desde o seu lançamento, em Março de 2014, a Lava Jato levou à prisão empresários e políticos, incluindo o ex-Presidente Lula da Silva.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,26 mar 2019 8:41

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 set 2019 23:22

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.