"É fundamental abraçar a diversidade linguística" - ONU

PorExpresso das Ilhas, ONU News,9 set 2019 8:25

1

(Unicef/Marko Kokic)
(Unicef/Marko Kokic)

ONU recorda que persistem desafios ao nível da alfabetização e do multilinguismo, distribuídos de forma desigual entre países e populações. A organização considera importante discutir características do mundo digitalizado e globalizado para alcançar uma maior inclusão.

Este domingo, 8 de Setembro, assinalou-se o Dia Internacional da Literacia. Este ano, o tema da data foi o multilinguismo.

Segundo a ONU, o tema “é uma oportunidade de expressar solidariedade com as comemorações do Ano Internacional das Línguas Indígenas e o 25º aniversário da Conferência Mundial sobre Educação de Necessidades Especiais.”

A ONU afirma que “apesar dos progressos realizados, os desafios da alfabetização persistem, distribuídos de forma desigual entre países e populações.”

O objectivo é discutir as principais características do multilinguismo no mundo digitalizado e globalizado, juntamente com as suas implicações para a alfabetização em políticas e práticas. A meta é alcançar uma maior inclusão em contextos multilíngues.

Para a organização, “abraçar a diversidade linguística no desenvolvimento da educação e da alfabetização é fundamental para enfrentar esses desafios de alfabetização e alcançar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável.”

Dia Internacional da Literacia, percebendo o analfabetismo funcional

A literacia tem uma definição simples - a capacidade de ler e escrever. Entretanto, segundo a especialista Elvira Reis, há a população adulta que não compreende o que lê ou o que ouve em português, devido ao "preconceito" com o crioulo.

A alfabetização é um componente essencial dos ODS e da Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável. As metas globais adoptadas pelos líderes mundiais, em Setembro de 2015, promovem o acesso universal a educação de qualidade e oportunidades de aprendizagem ao longo da vida das pessoas.

O ODS 4 tem como objectivo garantir que todos os jovens alcancem alfabetização e numeracia e fazer com que os adultos que não possuem estas capacidades possam adquiri-las.

Segundo a ONU, a data “é uma oportunidade para os governos, a sociedade civil e as partes interessadas destacarem melhorias nas taxas mundiais de alfabetização e reflectirem sobre os desafios de alfabetização restantes no mundo.”

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, ONU News,9 set 2019 8:25

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 set 2019 13:19

1

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.