"Nenhum serviço ficará paralisado" - Director da PN

PorFretson Rocha,27 dez 2017 16:08

Emanuel Moreno
Emanuel Moreno

​Nenhum serviço da Polícia Nacional ficará paralisado com a greve dos agentes. A garantia foi dada hoje, em conferência de imprensa, pelo Director Nacional da Polícia Nacional.

Emanuel Moreno assegura que as equipas estão a ser reorganizadas.

“Estamos a reorganizar as equipas de serviço para responder todas as demandas, nenhum serviço ficará paralisado. Estaremos a atender todas as demandas da população nesta quadra festiva”, garante.

O superintendente geral da Polícia Nacional afirma que os serviços de segurança estão a funcionar.

“Em relação às unidades policiais, as pessoas compareceram ao serviço. Um ou outro não compareceu, mas estão garantidos os serviços em relação à questão da segurança, tanto nas esquadras a nível da capital, nos comandos regionais nas diferentes ilhas, mas também nos outros serviços especializados, como as fronteiras e guarda-fiscal”, diz.

O Director Nacional da Polícia nacional lembra que na sequência do anúncio da greve, o Governo determinou a requisição civil, o que obrigava os efectivos a comparecer ao seu posto de serviço.

Os agentes da Polícia Nacional iniciaram hoje uma greve nacional de três dias. Exigem actualização salarial, redução da carga horária, introdução de regulamento de trabalho e pagamento de subsídio de condição policial ao pessoal da Guarda Fiscal, com efeitos retroactivos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Fretson Rocha,27 dez 2017 16:08

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 nov 2018 3:22

pub.
pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.