Polícia Nacional em greve depois do Natal

PorAdilson Pereira,14 dez 2017 14:28

A Polícia Nacional anunciou hoje um pré-aviso de greve marcada para os dias 27, 28 e 29 de Dezembro, abrangendo todo o território nacional. O não cumprimento do Ministério da Administração Interna do acordo assinado em Março deste ano está na origem desta nova ameaça de paralisação.

“Face à violação do memorando do entendimento, assinado entre o SINAPOL e o MAI, vem por esta via a Direcção da SINAPOL apresentar o pré-aviso de greve da PN para os dias 27, 28 e 29 de Dezembro”, diz o comunicado do pré-aviso enviado ao MAI e à Direcção-Geral do Trabalho (DGT).

Uma vez que o MAI não cumpriu o memorando de entedimento, as razões de luta da PN matêm-se.

“Actualização salarial do pessoal policial da PN, com efeito a partir do dia um de Janeiro de 2017, como acordado com o MAI, redução da carga horária que vem prejudicando a grande maioria do pessoal da PN, e introdução de regulamento de trabalho, pagamento de subsídio de condição policial ao pessoal policial da Guarda Fiscal, com efeito retroactivo”, enumera o comunicado da greve.

Da lista de exigências consta também o "pagamento de 25% sobre vencimento de subsídio de condução ao pessoal da PN que exerce, cumulativamente, as funções de condutores auto e moto”.

Segundo o sindicato, a greve de 72 horas vai abranger todos os comandos e unidades da PN, em toda as ilhas e concelhos.

Este é o segundo pré-aviso de greve apresentado pela Polícia no decorrer deste este ano de 2017. Em Março, o sindicato da corporação, com a mediação da DGT, tinha chegado a um acordo com o MAI e suspendera a paralisação prevista para essa altura.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Adilson Pereira,14 dez 2017 14:28

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  13 nov 2018 3:23

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.