Cabo Verde registou seis casos de paludismo desde Janeiro

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,25 abr 2018 8:06

O coordenador do Programa Nacional de Luta contra o Paludismo, António Moreira, revelou que, até agora, e desde 1 de Janeiro, o país registou seis casos de paludismo, sendo dois autóctones e quatro importados, todos na Cidade da Praia.

Em declarações à Inforpress no âmbito do Dia Mundial de Luta contra o Paludismo, que se assinala esta quinta-feira, 25, sob o lema “Pronto para derrotar o paludismo”, o responsável lembra que o país está numa fase de pré-eliminação do paludismo, já que Cabo Verde almeja não ter casos locais até 2020.

“Durante este ano, registámos seis casos, mas somente no mês de Janeiro, sendo dois locais na Cidade da Praia e quatro importados”, diz António Moreira, garantindo que de Janeiro a esta parte o país não registou nenhum caso, sublinhando que nesta fase de pré-eliminação da doença, o objectivo é trabalhar sobretudo com a população no sentido de prevenção.

Segundo o coordenador do Programa Nacional de Luta contra o Paludismo, o Ministério da Saúde vai iniciar, no mês de Maio, uma campanha de pulverização.

“Temos reforçado as actividades em relação ao que tínhamos feito anteriormente, com mais agentes na comunidade, mais formações, mais pulverização e agentes no terreno".

O objectivo do Dia Mundial de Luta contra o Paludismo tem como propósito destacar os avanços realizados e reflectir a visão de um mundo sem paludismo.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,25 abr 2018 8:06

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  22 set 2018 3:22

pub.
pub

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.