​Cabo-verdiano mata mulher em França e entrega-se em Portugal

Um cidadão luso-cabo-verdiano terá esfaqueado mortalmente a sua companheira, em França, e fugido de carro para Portugal, onde se entregou, domingo, às autoridades ainda com a sua roupa ensanguentada. Tanto o suposto assassino como a vítima nasceram em Cabo Verde mas têm nacionalidade portuguesa.

Segundo o jornal português Correio da Manhã, Felisberto Semedo, de 30 anos entregou-se na esquadra da PSP de Sacavém, em Loures, mas já era procurado pela justiça francesa por suspeitas de ter assassinado a namorada, Mónica Duarte, de 29, em Toulouse.

“Disse aos agentes que era procurado pela polícia francesa pela morte da namorada e que queria entregar-se”, lê-se.

Segundo a imprensa francesa, o homem terá cometido o crime por suspeita de traição por parte da companheira, tendo o alerta sido dado pelo irmão de Mónica.

“Ao entrarem no apartamento do casal, encontraram o cadáver de Mónica com duas facas espetadas. Num quarto dormia uma menina de seis anos, filha do casal. Não se terá apercebido do crime brutal”, avança o Correio da Manhã.

O suspeito foi entregue à Policia Judiciária, que contactou as autoridades francesas para que fizessem chegar a Portugal provas do crime e da autoria do mesmo. Presente ontem ao juiz, o indivíduo ficou preso até que seja eventualmente extraditado.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Rádio Morabeza,8 jan 2019 8:42

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  17 jun 2019 23:22

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.