​Missão cabo-verdiana em Moçambique efectuou centenas de procedimentos médicos

PorExpresso das Ilhas, Lusa,26 abr 2019 9:58

A missão cabo-verdiana de apoio a Moçambique realizou 247 consultas médicas, 221 procedimentos de enfermagem e 47 atendimentos psicológicos desde que chegou ao país, há uma semana, para ajudar a população atingida pelo ciclone Idai.

Segundo informação divulgada pela Cruz Vermelha de Cabo Verde, e com base no relatório do chefe da delegação cabo-verdiana em Moçambique, o cardiologista Fernando Tavares, a equipa tem desenvolvido actividades nas áreas de cardiologia, clínica geral, promoção de saúde, urgência de adulto e crianças com sintomas associados ao ciclone Idai, ginecologia e obstetrícia, cirurgia geral, enfermagem e psicologia.

A equipa cabo-verdiana, que chegou a Moçambique no passado dia 18, está a trabalhar no hospital de campanha da Cruz Vermelha Portuguesa, com vista a “uma melhor optimização no cumprimento terapêutico e reposição de 'stock' na farmácia do Centro de Saúde Urbano do Macurungo”.

Esta equipa cabo-verdiana – composta por quatro médicos, seis enfermeiros, uma psicóloga e um elemento da protecção civil – foi integrada numa equipa constituída por técnicos da Cruz Vermelha Portuguesa, médicos internacionais e técnicos voluntários daquela localidade.

O ciclone Idai, que atingiu o centro de Moçambique a 14 de março, causou um total de 603 vítimas mortais, tendo afectado mais de 1,5 milhões de pessoas.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,26 abr 2019 9:58

Editado porAndre Amaral  em  26 jan 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.