TIR para suspeito de agressão sexual com penetração, sequestro e furto na Praia

O Tribunal da Comarca da Praia decretou termo de identidade e residência ao homem detido terça-feira, 4, na cidade da Praia, suspeito da prática de um crime de agressão sexual com penetração, em concurso com um crime de sequestro, um crime de agressão sexual na forma tentada e um crime de furto. Os delitos foram cometidos em Fevereiro e Agosto de 2017.

De acordo com uma nota de imprensa enviada na tarde desta quarta-feira pela Polícia Judiciária (PJ), a vitima é uma mulher de 31 anos, que terá sido abordada pelo suspeito duas vezes a noite, num dos casos saindo de um bar e no outro saindo de uma loja, localizados na proximidade da residência de ambos.

A detenção, fora de flagrante delito, foi levada a cabo pela PJ, através da Secção de Investigação de Crimes Contra Pessoas – Brigada de Crimes Sexuais.

O indivíduo, de 34 anos, foi presente, no mesmo dia da detenção às autoridades judiciárias competentes, para efeito do primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coacção pessoal, tendo-lhe sido aplicado TIR e Proibição de contacto com a vítima.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Rádio Morabeza, Expresso das Ilhas,6 jun 2019 7:02

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  20 jun 2019 10:19

1

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.