Novo Hospital Central de Cabo Verde não vai substituir Agostinho Neto

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,16 jul 2019 15:36

1

​O presidente do conselho de administração do Hospital Agostinho Neto (HAN), Júlio Andrade, esclareceu hoje que o novo hospital da Praia - Hospital Central de Cabo Verde - será um complemento aos hospitais de Cabo Verde e que não vai substituir o HAN.

Júlio Andrade, que falava aos jornalistas na sequência da inauguração do Serviço de Admissão e Gestão de Utentes (SAGU), explicou que o hospital será uma unidade de saúde de referência com diversas valências, sobretudo, nas áreas agora abrangidas pela evacuação para Portugal.

“Será um hospital de 200 camas e nós estamos a falar do HAN que tem 400 camas. Portanto, vai ter algumas valências, principalmente nas áreas que nós estamos a evacuar para o exterior. Não é um hospital generalista e não vai substituir o HAN”, disse.

O objectivo do Hospital Central de Cabo Verde será, sobretudo, o da redução das evacuações.

“Neste momento, estamos a evacuar quase 700 doentes ao ano, o que é insuportável do ponto de vista financeiro e do ponto de vista do funcionamento do serviço nacional de saúde e mesmo da parte de Portugal, que não tem capacidade para dar essa resposta", sustentou.

O Hospital Agostinho Neto vai continuar a ser o hospital central da Praia e continuará a receber investimentos. 

A requalificação e modernização do banco de urgência de adultos é uma das obras previstas, num investimento orçado em cerca de 100 mil contos.

No dia 03 de Julho, na ilha do Sal, o Governo de Cabo Verde assinou com o representante da Santa Casa da Misericórdia do Porto (Portugal), o memorando de entendimento para a construção de um hospital de referência para Cabo Verde, num montante de 50 milhões de euros.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,16 jul 2019 15:36

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  12 dez 2019 23:21

1

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.