"O treinamento operacional tem que ser o foco das Forças Armadas" - CEMFA

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,12 set 2019 7:52

Anildo Morais, CEMFA
Anildo Morais, CEMFA(Inforpress)

​O Chefe de Estado Maior das Forças Armadas considera que a instituição encontra-se num momento de viragem, em que “será necessário” abraçar novos desafios, aumentar os níveis de operacionalidade, adequando-se ao momento actual.

O major Anildo Morais falava quarta-feira, no Sal, no acto de tomada de posse do novo comandante da 2ª Região Militar, o major João Alípio Monteiro, sublinhando que o esforço para a melhoria das condições de vida e de trabalho das unidades militares deve continuar.

“Comandar esta unidade territorial acarreta enormes responsabilidades e exige sacrifícios e capacidade de organização e planificação apurada”, acentuou.

Anildo Morais, para quem nos últimos anos as FA conseguiram “várias vitórias”, disse que o próximo desafio é aumentar o nível de operacionalidade das Forças Armadas, o que, no seu entender, “está intrinsecamente” ligado à vida das unidades territoriais.

“O treinamento operacional tem que ser o foco das Forças Armadas. As Forças Armadas têm que estar a todo o momento preparadas para cumprir as missões que lhes são incumbidas e tal só poderá acontecer quando a operacionalidade estiver como foco principal das unidades”, frisou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,12 set 2019 7:52

Editado porNuno Andrade Ferreira  em  29 mar 2020 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.