850 pessoas em quarentena em resort na Boa Vista

PorExpresso das Ilhas,20 mar 2020 10:29

1

Covid-19
Covid-19

O turista inglês cujo teste de Covid-19 deu resultado positivo, está isolado no centro de saúde da Boa Vista. Resort onde estava hospedado, o Riu Karamboa, está encerrado, em quarentena.

Em conferência de imprensa sem direito a perguntas, o ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, avançou ainda que não há casos suspeitos entre as pessoas que estão no hotel. A quarentena deverá ter uma duração de 14 dias.

Entretanto, está a ser feito um reforço de medidas de contenção bem como das equipas de saúde, sendo que irá ser ainda montada uma equipa de coordenação da proteção civil, na Boa Vista.

Ontem à noite, foi conhecido o resultado do exame feito ao turista inglês, de 62 anos, que acusou positivo para o coronavírus. 

O cidadão inglês "deu entrada na Boa Vista no dia 09 de Março e no dia 16 de Março iniciou um quadro respiratório, com tosse e febre", conforme informou o Ministério da Saúde, em nota de imprensa enviada ao fim da noite de ontem.

À hora em que esse comunicado foi enviado, o paciente encontrava-se "clinicamente estável e a receber todos os cuidados necessários, para evitar novos contágios e promover a sua total recuperação".

Na conferência de imprensa, o ministro da Saúde anunciou que ao todo estão, no hotel, 850 pessoas sendo que 210 são funcionários. "O hotel está de quarentena e com vigilância permanente dos serviços de saúde da ilha", acrescentou Arlindo do Rosário.

Com o surgimento deste caso, o país "entra na fase de perigo iminente" e a resposta por parte das autoridades de Protecção Civil "está sendo adaptada a esta nova fase, com o reforço das medidas já implementadas e a adopção de novas medidas".

O titular da pasta da Saúde disse ainda que hoje será feito o reforço da equipa de saúde local com médicos e enfermeiros estando também prevista a chegada de reforços materiais e de equipamentos de protecção individual, além da "ampliação da capacidade de isolamento dos casos suspeitos e da capacidade de resposta".

Além do ministro da Saúde, também o presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, já se pronunciou sobre este tema.

À televisão pública, o presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos mostrou-se preocupado e afirmou não estar de acordo com o sistema de quarentena domiciliar.

“Sabemos que neste momento o hotel foi posto em quarentena, há cerca de 14 pessoas que regressaram ontem de Portugal e foram directamente para as suas casas…estamos muito preocupados, não estamos de acordo com a medida de quarentena domiciliar”, declarou à TCV.

José Luís Santos garantiu ainda que há, na Boa Vista, espaço suficiente que podem servir para colocar pessoas que vieram de outros países.

“Temos apartamentos suficientes que foram disponibilizados pela Câmara Municipal e pelo IFH e que estão equipados. Não estamos de acordo com a quarentena domiciliar, sabemos qual é o grau de aproximação aqui da Boa Vista, quando vem um familiar do estrangeiro é difícil que a quarentena domiciliar seja efectivado. Vamos dizer à senhora delegada que temos espaços suficientes para que as pessoas fiquem de quarentena, portanto não estamos de acordo com o sistema de quarentena domiciliar. Isto tem de ser mudado imediatamente para evitar eventuais contágios”, afirmou.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,20 mar 2020 10:29

Editado porAndre Amaral  em  22 set 2020 23:21

1

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.