Cento e noventa cidadãos norte-americanos deixam Cabo Verde num voo ‘charter’ de repatriamento

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,24 mar 2020 15:45

Cento e noventa cidadãos norte-americanos viajaram hoje de Cabo Verde para os Estados Unidos da América (EUA) num voo ‘charter’ de repatriamento realizado pela Embaixada dos EUA, em parceria com o Governo de Cabo Verde.

Em declarações à Inforpress, o embaixador Jeff Daigle adiantou que esses cidadãos que partiram hoje fazem parte de um grupo de mais de 300 que manifestaram o desejo de regressar ao país depois do Governo de Cabo Verde ter suspendido os voos internacionais para um conjunto de países europeus, americanos e africanos.

“O voo foi realizado pela Cabo Verde Airlines (CVA) num avião com capacidade para 190 pessoas e foi cheio”, disse, agradecendo os esforços do Governo cabo-verdiano no sentido de garantir a realização desse voo.

E porque ainda há outras pessoas inscritas, adiantou que juntamente com as autoridades cabo-verdianas e a companhia aérea CVA estão a trabalhar na possibilidade de realizar um segundo voo, que deverá acontecer no final desta semana.

“A Embaixada dos EUA em Cabo Verde reconhece que este tem sido um período desafiante para muitos compatriotas americanos, particularmente aqueles que estão prestes a deixar Cabo Verde”, disse.

O embaixador Jeff Daigle avisa que os cidadãos devem inscrever-se no programa de inscrição de viajantes para permitir a actualização dos dados da embaixada e exorta a que visitem a página de crise COVID-19 (travel.state.gov) para obter mais informações.

O diplomata adiantou ainda que a embaixada tem um programa de apoio aos cidadãos, destinado aqueles que estão sem recursos de momento. Nesse caso,  os serviços consulares poderão a título de empréstimo disponibilizar recursos para a compra dos bilhetes de retorno.

Os pedidos devem ser enviados antecipadamente, já que o processo, segundo explicou, pode levar alguns dias a ser tratado.

Desde o dia 19 de Março de 2020 que a Embaixada dos EUA na Praia suspendeu os serviços consulares de rotina. Para serviços de emergência aos cidadãos americanos, incluindo os passaportes de emergência, avisa que os cidadãos devem visitar o site para obter informações adicionais ou que entrem em contacto através do email.

Na sequência da pandemia da COVID-19 o departamento do Estado emitiu um aviso global de saúde nível 4. Os centros de controlo e prevenção de doença emitiram um aviso global de surto de nível 2 global COVID-19.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,24 mar 2020 15:45

Editado porSara Almeida  em  7 jul 2020 23:20

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.