O dia em revista

PorExpresso das Ilhas,12 abr 2020 20:08

Cabo Verde registou nas últimas 24 horas, oito casos suspeitos, dos quais, dois na Boa Vista, quatro em São Vicente, um na cidade da Praia e um em Santa Catarina de Santiago.

Os resultados na cidade da Praia e Santa Catarina deram negativos, e os outros serão conhecidos amanhã.

O director Nacional da Saúde, Artur Correia disse,  na conferência de imprensa sobre a actualização da COVID – 19, que chegaram da ilha da Boa Vista 28 amostras das pessoas que estiveram em quarentena no Hotel Riu Karamboa, e incluindo os dois casos suspeitos. 

Prevê-se ainda hoje a chegada de 30 amostras da ilha de São Vicente, incluindo os 4 suspeitos.

Em relação à  quarentena domiciliar totalizam-se cerca de 530 pessoas em quarentena domiciliar, nomeadamente, nas ilhas de Boa Vista e São Vicente. Na Boa Vista há 207 pessoas que saíram dos hotéis e a partir deste momento estarão em confinamento domiciliar.

Na ilha de São Vicente há 216 pessoas em quarentena domiciliar, que tiveram ligações directas ou indirectas com o caso positivo.

O Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, na sua mensagem de Páscoa disse que é momento de união, de coesão e de conjugação de esforços e de capacidade de vencermos os desafios colocados pela epidemia da COVID -19.

Cabo Verde regista até este momento oito casos confirmados, sendo quatro na Boa Vista, três na cidade da Praia e um em São Vicente.

COVID-19 no mundo

O Papa Francisco, na sua mensagem de Páscoa, lida este domingo numa basílica de S. Pedro, desejou que “sejam aligeiradas as sanções internacionais que impedem os países que as sofrem de proporcionarem um apoio conveniente aos seus cidadãos” e apelou à solidariedade internacional “reduzindo, se não mesmo anulando, a dívida que pesa sobre os orçamentos dos países mais pobres”.

África

Segundo o boletim do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana (CDC África), nas últimas 24 horas, o número de mortes registadas subiu de 693 para 744, enquanto as infecções aumentaram de 12.973 para 13.686.

O CDC África registou também 2.283 doentes recuperados após a infecção.

A pandemia afecta já 52 dos 55 países e territórios de África, com quatro países – África do Sul, Argélia, Egipto e Marrocos, a concentrarem mais de metade das infecções e mortes associadas ao novo coronavírus.

A África do Sul tem o maior número de casos (2.028), com 25 mortos, mas o maior número de vítimas mortais regista-se na Argélia (275), em 1.825 infectados.

O Egipto tem 1.939 infectados e 146 mortos, enquanto Marrocos tem 1.545 casos e 111 vítimas mortais.

Apenas Lesoto, ilhas Comores e o Saara Ocidental não têm casos registados.

Todos os países africanos lusófonos registam casos da doença, com a Guiné-Bissau a ser o mais afectado, contabilizando 39 pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Angola soma 19 casos confirmados de COVID-19 e duas mortes.

Moçambique tem 20 casos declarados de infecção pelo novo coronavírus e Cabo Verde totaliza oito casos de infecção desde o início da pandemia, entre os quais um morto. Na quinta-feira, as autoridades cabo-verdianas anunciaram que morreram 12 cidadãos de Cabo Verde no estrangeiro vítimas da doença.

São Tomé e Príncipe, o último país africano de língua portuguesa a detectar a doença no seu território, tem quatro casos confirmados.

Na Guiné Equatorial, que integra a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), estão confirmados 18 casos positivos de infecção.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já provocou mais de 107 mil mortos e infectou mais de 1,7 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

 

Europa

Portugal regista 16585 confirmados, 504 mortes e 277 recuperados.

Espanha com  166.019 casos confirmados, 16.972 mortes e 62.391 recuperados.

Itália com 156.363 casos confirmados, 19.899 mortes e 34.211 recuperados.

França regista 132.591 casos confirmados 14.393 mortes e 27.186 recuperados.

Reino Unido com 84.270 casos confirmados, 10.612 mortes e 344 recuperados.

América

Estados Unidos contabilizam 557.043 casos confirmados, 21.952 mortes e 31.369 recuperados.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas,12 abr 2020 20:08

Editado porSara Almeida  em  10 ago 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.