Alargamento do Estado de Emergência permite "consolidar os ganhos", defende Artur Correia

PorAndre Amaral,16 abr 2020 19:00

Director Nacional de Saúde concorda com o alargamento, ainda que diferenciado, do Estado de Emergência em Cabo Verde. Para Artur Correia "tudo está nas nossas mãos" no que respeita ao combate à disseminação do vírus.

O Director Nacional de Saúde disse hoje, na conferência de imprensa diária de balanço da situação da COVID-19 em Cabo Verde, que concorda com a decisão tomada pelo Presidente da República de prolongar o Estado de Emergência.

"Concordo plenamente com as medidas e com as datas propostas", referiu Artur Correia. Para o Director Nacional de Saúde é necessário "consolidar os ganhos" alcançados até agora "e evitar que se perca esta batalha".

"Uma das principais armas de sucesso no combate à COVID-19 é o confinamento", apontou dizendo de seguida que "quanto mais ficarmos em casa menos chances vamos dar ao vírus e menos casos teremos".

"Tudo está nas nossas mãos", disse ainda Artur Correia.

Fazendo um balanço da situação epidemiológica em Cabo Verde, Artur Correia, referiu que Cabo Verde tem, neste momento "55 casos [confirmados] como foi dito ontem, dos quais 51 são da Boa Vista, 1 em São Vicente e 3 na Praia".

Em relação a casos suspeitos, de ontem para hoje, "temos dois casos suspeitos da Praia, que deram negativo, temos 3 casos suspeitos em Santa Catarina, dois com resultado negativo e um à espera de resultado, São Vicente temos um caso suspeito e que aguarda a chegada da amostra e temos três casos suspeitos na Boa Vista" cuja amostra ainda não chegou à Praia.

Em quarentena obrigatória estão "28 pessoas na Praia e temos em quarentena domiciliar em São Vicente 234 pessoas. No Sal temos 20 pessoas em quarentena domiciliar, em São Nicolau temos quatro pessoas na mesma situação e na Boa Vista temos todas as pessoas que saíram do hotel Riu Karamboa, 107 pessoas".

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Andre Amaral,16 abr 2020 19:00

Editado porSara Almeida  em  28 nov 2020 23:21

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.