Nenhum doente internado precisou de ventiladores em Cabo Verde

PorExpresso das Ilhas, Lusa,11 mai 2020 7:32

Nenhum dos doentes internados pela infecção do novo coronavírus precisou de recorrer aos ventiladores nos hospitais, disse este domingo o director nacional de Saúde.

"Neste momento, nenhum dos doentes internados no Hospital Agostinho Neto teve que se recorrer à ventilação mecânica. E em nenhuma outra estrutura de saúde. Felizmente", disse Artur Correia, na habitual conferência de imprensa, na cidade da Praia, para fazer o ponto de situação da COVID-19 no país.

Num comunicado enviado este domingo à imprensa, o Ministério da Saúde adiantou que até ao momento todos os casos activos estão em isolamento institucional e "apenas um deles está a requerer algum cuidado mais diferenciado".

No encontro com a imprensa, o porta-voz do Governo informou que o país conta neste momento com um stock de pelo menos 18 mil testes de PCR (para diagnósticos da COVID-19) e cerca de 30 mil testes rápidos (para detectar anticorpos), e que já começou a sua generalização em grupos específicos.

A nível nacional, Artur Correia disse que as autoridades de saúde já realizaram pouco mais de 700 testes rápidos, dos quais 400 na Praia, 200 na Boa Vista e cerca de 100 em São Vicente.

"Que nos permite abordar as pessoas que estão em quarentena nos hotéis, também nos permite fazer estudos e ver determinadas linhas de investigação, para esclarecer a origem dos casos", mostrou o responsável de saúde, adiantando que ainda esta semana vão ser iniciados estudos em alguns bairros identificados.

As informações foram avançadas no dia em que a cidade da Praia registou mais 10 casos positivos, elevando o total para 183, sete recuperados e um óbito.

Cabo Verde regista um total acumulado de 246 casos de COVID-19, desde o primeiro em 19 de Março, distribuídos pelas ilhas de Santiago (187), Boa Vista (56) e São Vicente (3).

Do total, 56 doentes são considerados recuperados, enquanto duas pessoas acabaram por morrer, uma na Praia e outra na Boa Vista.

Dois turistas estrangeiros também infectados regressaram aos países de origem, pelo que permanecem activos em Cabo Verde 186 casos de COVID-19, todos internados e em isolamento.

Nas ilhas de Santiago e da Boa Vista está em vigor o terceiro período de estado de emergência até às 24h00 de 14 de Maio.

A cinco dias do fim desse período de excepção nessas duas ilhas, o director nacional de Saúde aproveitou para pedir reforço das medidas de prevenção e de protecção para que situação, sobretudo na cidade da Praia, não piore.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de COVID-19 já provocou mais de 279 mil mortos e infectou mais de quatro milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Lusa,11 mai 2020 7:32

Editado porSara Almeida  em  4 jun 2020 6:19

pub.
pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.