SITTHUR pede explicações ao Governo sobre despedimentos na Cabo Verde Handling

PorInforpress,12 mai 2020 10:07

O Sindicato de Transportes, Telecomunicações, Hotelaria e Turismo (SITTHUR) pediu hoje explicações ao Governo, no sentido de esclarecer se o Executivo deu aval positivo nos despedimentos dos trabalhadores da Cabo Verde Handling.

Numa nota enviada à Inforpress, o SITTHUR explicou que a administração da Cabo Verde Handling mandou distribuir cartas de rescisão de contratos de trabalho a vários trabalhadores, para produzirem efeitos ainda no decorrer deste mês.

Segundo o comunicado, os trabalhadores dessa empresa estão, por um lado, “estupefactos” e, por outro, “revoltados”, com essa iniciativa, nestes tempos de crise e de confinamento que se está a viver no País.

Nesta linha, pediu esclarecimentos do Governo, uma vez que, indicou, a rescisão de contratos de trabalho promovida pela administração da CV Handling “entra em contradição” com as medidas anunciadas de mitigação dos efeitos e das consequências da pandemia, evitando o desemprego e garantindo rendimentos aos trabalhadores e às famílias.

“Nós queremos saber se o Governo deu aval positivo nesta questão, porque não faz sentido aprovar uma lei para depois se verificar o incumprimento das mesmas, por uma empresa”, questionou o secretário permanente do SITTUR, Carlos Lopes, em declarações à Inforpress.

Segundo informou, o SITTHUR já fez chegar a questão ao conhecimento do vice-primeiro ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, e ao ministro dos Transportes, Carlos Santos, pedindo intervenção “para travar esses despedimentos”, mas sublinhou que “lamentavelmente, remeteram-se a um silêncio total sobre o assunto, até este momento”.

O SITTHUR denunciou também que os trabalhadores da Cabo Verde Airlines ainda não receberam o salário referente ao mês de Abril, referindo não compreender esse atraso, sabendo que a esmagadora maioria dos trabalhadores se encontra em lay off.

No seu entender, “esse atraso é incompreensível”, uma vez que “o vice-primeiro ministro e ministro das Finanças fez saber, publicamente, que o Governo já tinha garantido uma solução” para o pagamento dos salários aos trabalhadores da Cabo Verde Airlines para os próximos três meses.

“Os trabalhadores da Cabo Verde Airlines encontram-se numa situação muito difícil, de há bastante tempo a esta parte”, pode-se ler no comunicado.

Por fim, o SITTHUR solicitou à administração da empresa, bem como ao Governo, a “tomarem medidas” para se evitar, no futuro, “a repetição do atraso” no pagamento dos salários aos trabalhadores.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Inforpress,12 mai 2020 10:07

Editado porSara Almeida  em  19 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.