EMEP já retomou a cobrança nos parques de estacionamento

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,4 jun 2020 16:20

A Empresa de Mobilidade e Estacionamento da Praia (EMEP) já retomou a cobrança nos parques de estacionamento, suspensa desde início de Março, devido à pandemia da COVID-19.

Em declarações à Inforpress, Victor Coutinho disse que a COVID-19 veio trazer “novos desafios” para a questão da mobilidade, que hoje, por razões de segurança, as pessoas circulam menos em transportes públicos, com maior uso de transporte individual, o que condiciona o trânsito, criando uma “pressão adicional” sobre o tráfego.

Entretanto, avançou, a EMEP já iniciou as cobranças nos parques, sendo que a instituição está na fase de mobilização junto da população, pautando por uma postura mais pedagógica.

“Iniciamos a cobrar naturalmente aos clientes, mas temos estado a fazer mais sensibilização do que uma fiscalização ostensiva”, ressaltou Victor Coutinho.

O presidente do conselho de administração da EMEP anunciou também a iniciativa de atribuir dísticos aos profissionais de saúde, principalmente à Delegacia de Saúde da Praia, como forma de contribuir e apoiar aos que têm estado na linha da frente na luta contra a pandemia.

“Oferecemos dísticos a todas as viaturas da Delegacia de Saúde da Praia que estão ao serviço da problemática da COVID-19, inclusive, já há um dístico que servirá até o final do ano”, destacou Victor Coutinho.

Por outro lado, instado sobre os impactos económicos nas contas da EMEP, durante os três meses sem cobrança nos parques de estacionamento, Victor Coutinho disse que o objectivo da empresa não é o lucro, mas, atestou é preciso receita para sua sobrevivência.

“Temos que ter lucro para sobreviver e arcar com os compromissos da instituição, mas em termos de receita tivemos zero”, revelou.

E explicou que neste momento a EMEP está a iniciar essas actividades com todo o cuidado e segurança que implica, sendo que dispõem de serviços de atendimento e fiscalização na rua.

A EMEP suspendeu o pagamento dos estacionamentos desde 03 de Março, face a pandemia, com o intuito de reduzir as dificuldades de estacionamento para residentes, em especial em zonas onde há pessoas a cumprir situações de isolamento social e de quem contribui com o seu trabalho para funções essenciais. 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,4 jun 2020 16:20

Editado porSara Almeida  em  7 jul 2020 5:19

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.