Existe um apagão de ideias da Comissão Política Regional de Santiago Sul do PAICV – Manuel Alves

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,8 jul 2020 13:31

Líder da bancada Municipal do Movimento para a Democracia na Praia Manuel Alves
Líder da bancada Municipal do Movimento para a Democracia na Praia Manuel Alves(Rádio Morabeza)

Existe um “apagão” de ideias da Comissão Política Regional de Santiago Sul do PAICV, que vive do “achismo” da intransparência. Afirmação do líder da bancada municipal do Movimento para a Democracia (MpD) na cidade da Praia, reagindo às declarações PAICV local, com críticas às contas da Câmara Municipal da Praia.

Manuel Alves, que falava em conferência de imprensa, esta manhã, diz ser falso que a câmara da capital tenha emitido cerca de 800 mil contos em obrigações. Diz o MpD que em 2009 foram emitidos 450 mil contos.

“Dos quais, volvidos 11 anos, mais de 200 mil contos já foram pagos de forma contínua e ininterrupta. A comparação do stock da dívida de 2008 com o de 2019 revela uma visão estática do mundo e das coisas. Em 2007, as receitas correntes da CMP rondavam os 570 mil contos e não havia, por exemplo, pagamentos on line. Em 2019, as receitas da CMP ultrapassaram os 2,3 milhões de contos, pois mais casas foram construídas, várias empresas, hotéis, bares, mercados e restaurantes entraram em funcionamento e as cobranças feitas, quer ao nível central, quer nas delegações municipais, quer na loja on line, quer via banca”, avança.

O responsável político diz que não é obrigatório apresentar as contas no site da Câmara Municipal da Praia, mas sim ao Tribunal de Contas, sendo que os deputados da PAICV têm acessos aos relatórios.

"A Câmara Municipal da Praia envia trimestralmente balancete de conta de município, é obrigatório trimestralmente para o Tribunal de contas. No site não é obrigatoriamente por lei de finanças locais nem de estatuto do município, só é obrigatório trimestralmente para o tribunal de contas, os deputados tem acesso, tem balancete trimestralmente assim como o tribunal de contas é obrigatório " explica

Manuel Alves avança que a toda a dívida total da Câmara da Praia é de cerca de um 1,8 milhões de contos e garante que a autarquia tem uma gestão "transparente" e com "rigor". 

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,8 jul 2020 13:31

Editado porAndre Amaral  em  22 abr 2021 23:22

pub.
pub.
pub
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.