Ministério da Saúde abre inquérito para apurar caso do adolescente Fábio Ramos dos Santos

PorInforpress,18 ago 2020 8:10

HAN
HAN

O Ministério da Saúde vai instaurar um inquérito para saber se houve ou não negligência no caso do adolescente Fábio Ramos dos Santos, que esteve internado no hospital de campanha do Estado Nacional, na Cidade da Praia.

A informação foi avançada na segunda-feira à tarde pelo director nacional de Saúde, Artur Correia, que respondia aos jornalistas durante a habitual conferência de imprensa sobre a covid-19.

Artur Correia disse que encara as críticas com normalidade e compreende a afiliação de uma mãe, cujo filho está internado neste momento no Hospital Agostinho Neto, na Praia, com covid-19.

No domingo, 16, a mãe do adolescente, enfermeira de profissão, acusou os profissionais do hospital de campanha do Estado Nacional, na Cidade da Praia, de “descaso” nos cuidados ao filho e responsabilizou-os pelo estado em que Fábio Ramos dos Santos se encontra neste momento.

Depois de conhecer a versão da mãe, através de uma entrevista divulgada nos órgãos de comunicação social, Artur Correia disse que vão abrir um inquérito para ver o que se teria passado e tomar as medidas que se impõem para a correcção das falhas.

“Nós, por enquanto, sabemos da única versão da senhora que deu a entrevista, que por acaso é um profissional de saúde, e vamos, através da Delegacia de Saúde da Praia, saber mais dados e ver se houve ou não negligência e até que ponto as medidas serão tomadas, de acordo com a gravidade da situação”, afirmou.

Na manhã de segunda-feira, o director clínico do Hospital Agostinho Neto (HAN), Victor Costa, garantiu que tudo está a ser feito pela equipa médica para reverter o quadro clínico do adolescente de 15 anos infectado com covid-19 e em estado crítico.

Em declarações à Rádio de Cabo Verde (RCV), Victor Costa disse inclusive já haver sinais de melhoria no estado de saúde do paciente, que conforme indicou entrou no hospital com um “quadro de alguma gravidade”.

“Neste momento encontra-se sob os cuidados do colectivo de internamento do isolamento de covid-19 e do dia de internamento para hoje, da conversa que eu tive com os técnicos, com os profissionais, houve alguma melhoria desse adolescente”, adiantou.

Fábio Ramos dos Santos, filho de Geralda Ramos, recebeu o diagnóstico de covid-19 no dia 10 de Agosto e foi levado para Estádio Nacional, onde a situação veio a complicar.

A mãe, que é enfermeira de profissão, e com experiência de trabalho com doentes de covid-19, disse que se manteve sempre em contacto com o filho que relatava as pioras do seu estado e ela sempre que falava com os enfermeiros do hospital de campanha estes lhe diziam que o menino estava bem.

Mesmo perante várias insistências, contou, só decidiram transferir o adolescente infectado para isolamento do HAN, na sexta-feira, depois deste ter iniciado uma hemorragia digestiva.

Por isso acusa os colegas de serem responsáveis pela gravidade do estado de saúde do filho.

Cabo Verde registou ontem mais 24 casos de infecção pelo novo coronavírus, perfazendo um total de 3.203 acumulados, dos quais 829 casos activos, 2.336 recuperados, 36 óbitos e 02 transferidos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Inforpress,18 ago 2020 8:10

Editado porSara Almeida  em  19 set 2020 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.