Ilha do Fogo regista o segundo óbito provocado pelo novo coronavírus

PorInforpress,17 set 2020 9:33

A ilha do Fogo registou na tarde de quarta mais um óbito provocado pelo novo coronavírus (covid-19), o segundo no período de um mês, sendo um nos Mosteiros e outro em São Filipe.

Trata-se de um homem na casa dos 70 anos que estava hospitalizado no espaço de isolamento do hospital São Francisco de Assis ligado a ventilador e que estava em estado crítico e com muita instabilidade, segundo as autoridades sanitárias.

A ocorrência do óbito foi confirmada pelo director do hospital São Francisco de Assis e da Região Sanitária da região Fogo/Brava, Evandro Monteiro.

Além do óbito, o primeiro do município de São Filipe, a ilha do Fogo registou quarta-feira mais quatro novos casos positivos de novo coronavírus, todos dos Mosteiros, elevando o total de casos acumulados para 171, sendo 158 nos Mosteiros e 13 em São Filipe, alguns bairros da cidade e duas localidades do interior e dois óbitos, um nos Mosteiros e outro em São Filipe.

Segundo os dados do boletim epidemiológico do Ministério de Saúde, foram analisadas quase oito dezenas de amostras, sendo 50 dos Mosteiros e 28 do município de São Filipe.

Muitos contactos directos do indivíduo que testou positivo na terça-feira e faleceu no dia seguinte foram colocados em isolamento domiciliar pelas estruturas de saúde de São Filipe.

Dados actualizados na quarta-feira indicam que com 54.826 testes realizados, o país registou 4.978 casos, dos quais 499 são activos, 4.430 recuperados, 47 óbitos e dois transferidos.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 936.095 mortos e mais de 29,6 milhões de casos de infecção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Inforpress,17 set 2020 9:33

Editado porSara Almeida  em  31 out 2020 5:19

pub.
pub
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.