Trabalhadores do INE irão partir para greve e manifestação caso o governo não aprove o estatuto do pessoal

PorAilson Martins, Rádio Morabeza,30 dez 2020 12:25

Presidente do SISCAP, Eliseu Tavares
Presidente do SISCAP, Eliseu Tavares Rádio Morabeza

O Governo tem até 31 de Dezembro para aprovar e publicar o estatuto do pessoal do Instituto Nacional de Estatística (INE), caso contrário os trabalhadores irão partir para uma greve e manifestação, ameaçou o presidente do SISCAP em conferência de imprensa.

Eliseu Tavares recorda que os novos estatutos do INE foram aprovados e publicados no Boletim Oficial de 7 de Janeiro de 2020.

"Caso as expectativas dos colaboradores não forem satisfeitas até amanhã, logo no início do ano 2021, os colaboradores e o SISCAP irão avançar para formas de luta sindicais, nomeadamente para manifestações e greves para fazer valer os seus interesses laborais, tendo em conta que durante este tempo o SISCAP e os colaboradores foram parceiros, promoveram diálogo de modo que não se compreende que nesta altura sejam brindados com essa tamanha desilusão” explica.

Eliseu Tavares diz que os recursos financeiros estão garantidos há muito tempo.

"Nós confiamos na palavra dos gestores, inclusive dos gestores do INE, durante todo este processo negocial, o próprio presidente do conselho de administração do INE, sempre admitiu que os recursos financeiros não eram obstáculos para materialização deste desejo dos trabalhadores, portanto, os recursos financeiros estão garantidos há muito tempo, pelo próprio conselho de administração do INE", avança.

O líder sindical avança que em Setembro passado o SISCAP reuniu com o governo, através da Secretária de Estado para Modernização, Edna Oliveira, e logo depois com o conselho de administração do INE, onde foi assumido o compromisso de ser aprovado o novo PCCS do INE até o final deste ano, o que até agora não aconteceu.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Ailson Martins, Rádio Morabeza,30 dez 2020 12:25

Editado porAndre Amaral  em  12 mai 2021 23:21

pub.
pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.