Presidente da Câmara da Praia anuncia medidas para reforçar combate à pandemia na capital

PorExpresso das Ilhas, Inforpress,4 mai 2021 15:12

O presidente da Câmara Municipal da Praia anunciou hoje algumas medidas para combater a covid-19, entre elas a redução do número de vendedeiras nos mercados da capital e reforço de fiscalização ao funcionamento de espaços públicos.

Francisco Carvalho, que falava em conferência de imprensa, na Cidade da Praia, informou que a autarquia vai “proibir a circulação de pessoas sem máscaras no interior dos mercados e feiras”, assim como “vão ser encerrados os espaços desportivos e de lazer afectos à câmara”.

Entre as medidas apontou também a mobilização das associações comunitárias e desenvolvimento local para uma “ampla campanha de sensibilização” em todos os bairros, abrangendo a distribuição de folhetos informativos com conteúdo sobre a pandemia.

Segundo o autarca praiense, a câmara vai colocar carros de som nas ruas para reforçar a campanha de luta contra a covid-19, divulgando mensagens de sensibilização junto dos munícipes sobre a “gravidade” da pandemia.

Com o Programa Stop Covid, adiantou o autarca praiense, pretende-se “reduzir o risco de contaminação” no município da Praia.

Francisco Carvalho lamentou ainda o facto de o município da Praia continuar a ser o epicentro de propagação da covid-19, na ilha de Santiago, não obstante, sublinhou, a tomada de medidas restritivas e de uma “extensa campanha de sensibilização”.

A sensibilização dos condutores dos transportes colectivos de passageiros no sentido de acautelarem a lotação nas viagens faz parte também da campanha que a câmara vai realizar.

Relativamente ao programa das festividades do Dia do Município da Praia, que se assinala no próximo dia 19, indicou que o mesmo vai ser adequado ao plano de contingência vigente durante o estado de calamidade.

Neste momento, todo o País vive em situação de calamidade decretada pelo Governo, excepto a ilha a Brava.

“Espera-se que com o Programa Stop Covid a edilidade possa contribuir para reverter as estatísticas na capital do País, num momento em que os dados apontam para mais de 23 mil casos positivos acumulados, desde o início da pandemia com mais de duas centenas de óbitos”, precisou o autarca praiense, para quem a situação da pandemia é “muito grave”.

Para o presidente do município que ostenta a capital do País, este é o momento de “congregação de esforços” para, de “mãos dadas”, a resolução do problema que se coloca a Cabo Verde, no que tange ao combate à covid-19.

Instado sobre a materialização de algumas medidas anunciadas, nomeadamente a fiscalização ao horário de funcionamento de espaços públicos, tendo em conta que a câmara não dispõe de polícia municipal, Carvalho esclareceu que vão ser executadas em “parceria com outras instituições”.

“Há medidas que a câmara municipal consegue implementar sozinha, mas grande parte vai ser implementada em parceria com outras instituições”, ressaltou o edil praiense.

Quanto aos recursos para a efectivação do plano, admitiu que vão ser investidos todos os recursos financeiros que se mostrarem necessários para o efeito.

Entretanto, perguntado sobre a retoma das obras, que estavam em curso no município, Francisco Carvalho preferiu deixar a resposta para uma outra altura, em que, de acordo com as suas palavras, pode ser convocada uma conferência de imprensa para se falar sobre outros assuntos do município.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Expresso das Ilhas, Inforpress,4 mai 2021 15:12

Editado porAndre Amaral  em  30 jul 2021 23:21

pub.
pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.