EUA apoiam Cabo Verde na reparação do Guardião

PorLourdes Fortes, Rádio Morabeza,15 set 2021 15:00

O embaixador dos Estados Unidos da América em Cabo Verde anunciou hoje a vinda de um grupo de engenheiros para ajudar na manutenção e reparação do navio da Guarda Costeira, Guardião.

Jeff Daigle falava à imprensa, a bordo do Guardião, no terceiro dia da visita de trabalho que realiza à ilha de São Vicente, para acompanhar os projectos apoiados pelo Governo americano, além de visitas a investimentos privados de cidadãos americanos no Mindelo.

O diplomata sublinha a importância e o trabalho feito para o reforço da cooperação bilateral entre os dois países, nomeadamente em matéria de segurança marítima.

“A área de cooperação com Cabo Verde é muito vasta. Um dos objectivos principais de Cabo Verde é, efectivamente, o conhecimento e o domínio marítimo. Temos conhecimento que o objectivo é patrulhar 10 mil horas por ano e os EUA estão a tentar ajudar nesta área. Quanto ao Guardião, os Estados Unidos estão a ajudar com a manutenção. Há um grupo de engenheiros que virá apoiar na manutenção, para que o barco volte para o oceano”, apontou.

A questão do comércio bilateral esteve também em agenda, com a realização de encontros com empresários. Conforme explica o embaixador dos Estados Unidos da América em Cabo Verde, o objectivo é esclarecer sobre as oportunidades existentes, nomeadamente a nível das exportações.

“Um dos objectivos da embaixada é estreitar laços económicos com Cabo Verde, nomeadamente, promover exportações. Como sabem, 80% das exportações de Cabo Verde são produtos pesqueiros. A embaixada organizou uma série de sessões informativas para estas empresas nas ilhas do barlavento, para explicar como podem tirar proveito das oportunidades que existem, de modo a aumentar as exportações”, nota.

Recorde-se que o programa "Crescimento e Oportunidades para a África - AGOA" (African Growth and Opportunity Act), criado pelos Estados Unidos da América, prevê que 40 países africanos, incluindo Cabo Verde, exportem para o mercado norte-americano, sem custos aduaneiros, mais de 6.000 produtos.

Concorda? Discorda? Dê-nos a sua opinião. Comente ou partilhe este artigo.

Autoria:Lourdes Fortes, Rádio Morabeza,15 set 2021 15:00

Editado porSara Almeida  em  25 set 2021 23:20

pub.

pub.
pub.

Últimas no site

    Últimas na secção

      Populares na secção

        Populares no site

          pub.